<
>

Cruzeiro confirma afastamento de Itair Machado após ordem da Justiça

Um dia após a 12ª Câmara Cível de Belo Horizonte ordenar o afastamento de Itair Machado do Cruzeiro, a equipe celeste informou, através de comunicado em seu site oficial, que cumpriu o que foi pedido.

"O Cruzeiro Esporte Clube informa que, em cumprimento à decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, antes mesmo de ser oficialmente comunicado, já providenciou o afastamento do Vice-Presidente de Futebol, Itair Machado", escreveu a equipe.

"Itair esteve nesta manhã, na Sede Administrativa do Clube, para repassar pendências relativas ao exercício das suas funções e demais providências administrativas", completou.

A decisão da Justiça vem em meio a uma enorme crise interna no clube mineiro.

Na última terça-feira, a Polícia Civil cumpriu um mandato de busca em meio às denúncias de falsidade ideológica, falsificação de documentos particulares e lavagem de dinheiro que investiga membros da diretoria do clube celeste, além de empresários e membros de torcidas organizadas do clube.

Ao mesmo tempo, o clube também pode perder seis pontos no Campeonato Brasileiro por conta de uma punição da Fifa, que ainda não é certa.

A condenação aconteceu por conta de uma dívida cruzeirense de 1,5 milhão de euros (R$ 6,39 mi na cotação atual) com o Zorya Luhansk, da Ucrânia, pela contratação do atacante Willian "Bigode" - hoje jogador do Palmeiras.

Willian defendia o Metalist quando, depois da temporada 2012-13, o Cruzeiro negociou sua contratação. Na época, o bilionário Sergey Kurchenko era presidente do clube ucraniano, mas ele deixou o país depois de crise política. Foi quando o Metalist transferiu sua sede para Luhansk, cidade exatamente do Zorya.

A dívida cobrada é referente a três parcelas de 500 mil euros, que foram acordadas em 2014. Apesar do pagamento ser feito ao Metalist, o valor dos direitos econômicos de Willian deveria ser repassado ao Zorya por conta do imbróglio envolvendo Kurchenko.

Fora isso, o clube ainda está com salários atrasados a seus funcionários. O Cruzeiro enfrenta o Atlético-MG nesta quinta-feira pela Copa do Brasil, nas quartas de final do torneio.