<
>

São Paulo faz mudanças no financeiro, e atletas receberão por produtividade

play
Calçade alerta São Paulo sobre endividamento e lamenta: 'Está doente há muito tempo' (2:58)

Clube paulista espera aprovação de empréstimo bancário (2:58)

O São Paulo vem realizando algumas mudanças internamente. Uma delas inclui o departamento financeiro do clube, que passará a operar de acordo com o desempenho de seus jogadores dentro de campo. Os direitos de imagem dos atletas do time profissional, que estão atrasados, fazem parte do pacote.

O pagamento dos direitos de imagem costuma ser feito trimestralmente, mas não a todos os jogadores. Cerca de 60% do grupo tem direito a esse provento. Da fatia total dos vencimentos de cada atleta, somente 30% são referentes aos direitos de imagem.

O departamento financeiro do São Paulo reconhece o descompasso com o fluxo de caixa, mas nega que o atraso no pagamento de direitos de imagem seja uma questão grave. A previsão é de que a diretoria tricolor arque com as despesas pendentes nos próximos dias, antes do início do Campeonato Brasileiro.

Adotando uma política de meritocracia, Raí e companhia têm tentado formular contratos estritamente ligados ao desempenho esportivo dos jogadores que interessam ao clube. Desta maneira, o São Paulo se blindaria de possíveis prejuízos decorrentes de um insucesso de determinado atleta.

Internamente, o atraso do pagamento de direitos de imagem não incomoda tanto quanto muitos acreditam. De fato, as precoces eliminações do São Paulo na Copa Libertadores e na Copa do Brasil atrapalharam o planejamento financeiro do clube, porém, a diretoria trabalha para reequilibrar as contas o mais breve possível.