<
>

Técnico do Boca Juniors detona VAR: 'Está tirando o espírito do futebol'

O técnico do Boca Juniors, Gustavo Alfaro, criticou o VAR por estar "tirando o espírito do futebol".

Após amistoso disputado por sua equipe contra o América-MEX, o treinador comentou as polêmicas ocorridas na vitória por 2 a 0 do Brasil sobre a Argentina, pela semifinal da Copa América, e foi sincero em relação ao recurso de vídeo.

"Fiquei muito bravo com o VAR, porque houve jogada clara de pênalti para a Argentina. Seria o empate. Tenho minhas contradições com o VAR. Entendo que há coisas que estão bem, como os gols impedidos, o 'olho de águia' para ver a bola entrou ou não, as agressões que o árbitro não vê... Mas entendo que (o VAR) está tirando o espírito do futebol. Vejo muitas disparidades de critérios em jogadas similares", opinou.

Na última quarta-feira, o presidente da AFA (Associação de Futebol Argentino), Claudio Tapia, enviou carta à Conmebol fazendo críticas duríssimas contra a arbitragem e pedindo providências a Alejandro Domínguez, mandatário da entidade.

Os argentinos reclamam principalmente de dois supostos pênaltis não marcados: um de Daniel Alves em cima de Agüero e outro de Arthur em cima do Otamendi.

A principal contestação foi pelo fato do auxiliar do VAR, o uruguaio Leodán González, não ter recomendado revisão por vídeo ao árbitro principal, o equatoriano Roddy Zambrano, em nenhum momento da partida.