<
>

Chefe dos 'ultras' do PSG vê Neymar mudado e quer permanência, mas avisa: 'Viveremos sem ele'

play
Rafa Oliveira diz que volta ao Barcelona não seria 'favor' para Neymar: 'Clube sente falta' (1:31)

Para comentarista, volta do atacante seria para 'ocupar buraco que ele mesmo deixou' (1:31)

Em entrevista ao Le Parisien, jornal francês, o líder dos 'ultras' do Paris Saint-Germain, Romain Mabille, falou sobre a situação de Neymar, que tem seu nome constantemente ligado a uma possível volta ao Barcelona.

"Com todos os rumores, nem sabemos se ele está mais perto de sair ou renovar. Nesta temporada, não puderam falar muito de Neymar. Ele se machucou bastante, mas quando estava presente fez seu trabalho", afirmou o chefão da Collectif Ultras Paris, a principal torcida organizada do PSG.

"Se ele continuar, ficaremos felizes, mas se ele quiser sair, que seja. Tem menos tensão em relação ao ano passado, ele mudou sua relação com a torcida. Nós temos Neymar como um de nós e, se ele assim quiser, gostaríamos que ficasse. Mas, se sair, não iremos chorar. Viveremos sem ele", continuou.

"Faz um ano que falamos isso. Se ele ficar, irá ter nosso apoio. Se sair, o que importa? Para nós, o clube vem antes. O PSG existe antes de Neymar e vai continuar existindo. Se for com ele, melhor", finalizou.