<
>

Uruguai x Equador em Belo Horizonte tem menos público que Atlético-MG x Boa pelo Mineiro

play
Veja como foi o atropelo do Uruguai em cima do Equador no Mineirão (0:59)

Com gols de Cavani e Suárez, Uruguai venceu por 4 a 0 na estreia da Copa América (0:59)

A Copa América 2019 vem sendo jogada com estádios às moscas. Neste domingo, Uruguai x Equador, no Mineirão, em Belo Horizonte, não foi diferente.

Ao todo, apenas 13.611 torcedores estiveram presentes na partida, gerando uma renda de R$ 1.534.535,00.

Esse público é pior do que diversas partidas do Campeonato Mineiro. Atlético-MG 5 x 0 Bota Esporte, no dia 20 de janeiro, por exemplo, teve 19.616 pessoas no Independência.

Outros públicos ruins na Copa América foram em Peru x Venezuela (11.107 na Arena do Grêmio) e Paraguai x Catar (19.162, no Maracanã).

No primeiro, só 20% do estádio estava ocupado, enquanto a taxa de lotação do segundo foi de 24%.

A própria estreia da competição, entre Brasil e Bolívia, no Morumbi, ficou longe de encher: foram 46.342 fãs, ou 70% da casa do São Paulo.

A melhor taxa de ocupação foi a da Fonte Nova, em Argentina x Colômbia: 34.950 pessoas preencheram 72% do estádio.

Na próxima rodada, o Uruguai encara o Japão, quinta-feira, às 20h (de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

No dia seguinte, também às 20h, o Equador pega o Chile.