<
>

Eliminatórias para a Eurocopa: Alemanha passeia, faz 8 a 0 na Estônia e segue 100%

Diante de sua torcida em Mainz, a Alemanha goleou a Estônia nesta terça-feira (11) e manteve os 100% de aproveitamento nas eliminatórias para a Eurocopa. Com gols de Reus – duas vezes –, Gnabry – duas vezes –, Goretzka, Gundogan, Werner e Sané, os alemães venceram por 8 a 0.

A seleção alemã já começou partindo para cima da Estônia e mantendo a posse de bola. Logo aos 10 minutos, Reus recebeu cruzamento rasteiro e tocou para abrir o placar. Sete minutos depois, Sané foi lançado na esquerda e tocou para Gnabry empurrar para o gol e fazer 2 a 0.

Sem deixar a Estônia respirar, a Alemanha se mandou para o ataque novamente. Da direita, Kimmich cruzou e Goretzka escorou para fazer o terceiro em 20 minutos de jogo. Aos 25, Goretzka recebeu na área e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti, que Gundogan cobrou e converteu para transformar a vitória em goleada.

Na marca dos 31 minutos da primeira etapa, Reus recebeu na entrada da área e chutou forte, obrigando Lepmets a fazer grande defesa antes da bola bater na trave. Cinco minutos mais tarde, no entanto, o camisa 11 cobrou falta com maestria e o goleiro nada pôde fazer para evitar que a bola entrasse: 5 a 0.

A Estônia tentou começar a segunda etapa em busca do gol de honra, mas não conseguiu furar o sistema defensivo alemão. Em uma das poucas vezes em que teve espaço, aos 11 minutos, Zenjov finalizou de longe, mas Neuer fez defesa tranquila.

Dois minutos depois, no entanto, a Alemanha respondeu. A zaga afastou cruzamento da esquerda e Reus acertou belo chute de primeira, mas Lepmets espalmou para impedir o sexto gol. Aos 16 minutos, a Estônia não pôde resistir. Halstenberg recebeu pela esquerda e tocou de primeira para Gnabry fazer mais um.

Sem se contentar com a goleada, a Alemanha continuou pressionando. Aos 23, Leroy Sané, em posição legal, foi lançado e mandou a bola para o fundo das redes, mas o árbitro marcou impedimento. Dez minutos depois, Draxler colocou Werner, que substituiu Reus, na cara do gol, e o atacante tocou na saída do goleiro para fazer o sétimo dos alemães.

O oitavo poderia ter saído logo depois, quando Sané recebeu na área e chutou forte, mas o árbitro anulou novamente o gol do camisa 19 já que Gnabry, em posição de impedimento, participou da jogada. Três minutos antes do fim do jogo, Sané recebeu pela direita e chutou de canhota, finalmente conseguindo deixar a sua marca no placar: 8 a 0. Com a goleada sacramentada, a Alemanha apenas administrou a vantagem nos minutos finais e comemorou o resultado.

Com a vitória, a Alemanha chegou aos 9 pontos em 3 jogos nas eliminatórias para a Eurocopa, mas está na segunda posição do grupo C, já que a Irlanda do Norte, com um jogo a mais, tem 12 pontos ganhos. A Estônia é a última colocada do grupo, com 3 derrotas em 3 partidas disputadas.