<
>

LeBron comendo poeira e colado em Cristiano Ronaldo: Neymar agora é o 3º atleta que mais ganha dinheiro no mundo

play
'Neydependência'? Números da seleção brasileira pioram sem Neymar em campo (1:01)

Presença do atacante em campo aumenta gols marcados e aproveitamento do Brasil (1:01)

Lionel Messi é o primeiro colocado da lista da Forbes dos atletas mais bem pagos do mundo, que foi dominada por jogadores de futebol. E, embora viva um mau momento em sua carreira, com seguidas lesões e polêmicas, o brasileiro Neymar está muito bem colocado nesse ranking.

O atacante do Barcelona ganhou cerca de R$ 490 milhões nesta última temporada em uma combinação de salário e patrocínios - R$ 70 milhões a mais que Cristiano Ronaldo, o segundo colocado, que colocou cerca de R$ 420 milhões nos bolsos.

Neymar, do PSG, é o terceiro na lista, tendo faturado pouco mais de R$ 405 milhões. Só de salário, o brasileiro faturou cerca de R$ 289 milhões, quase R$ 40 milhões a mais que Cristiano Ronaldo, da Juventus, enquanto Messi e seus R$ 355 milhões de salário superam os dois.

No entanto, em patrocínios, ninguém chega perto do português. Cristiano faturou cerca de R$ 170 milhões contra R$ 135 milhões de Messi e R$ 115 milhões de Neymar.

Messi teve um aumento de mais de R$ 60 milhões em ganhos nos últimos 12 meses. Em 2018, seus R$ 428 milhões ficaram atrás apenas de Floyd Mayweather Jr, que faturou assombrosos R$ 1,1 bilhão. Cristiano Ronaldo (R$ 417 milhões) e Neymar (R$ 347 milhões) foram terceiro e quinto, respectivamente. O quarto lugar ficou com o irlandês falastrão Conor McGregor, que levou para casa R$ 382 milhões.

O boxeador Saúl "Canelo" Álvarez é o primeiro atleta na lista que não tem relação com o futebol. Ele ficou com R$ 362 milhões -- mas apenas R$ 7 milhões foram em patrocínios, e isso o coloca com o mesmo salário de Messi.

Roger Federer foi o quinto atleta na lista, com R$ 360 milhões ao todo. Em termos de patrocínio, no entanto, Federer encabeçou a lista com R$ 332 milhões.

Os astros da NFL Russell Wilson, do Seattle Seahawks (R$ 345 milhões) e Aaron Rodgers, do Green Bay Packers, (R$ 344 milhões) são sexto e sétimo na lista, respectivamente. O top-10 é fechado por três jogadores da NBA.

LeBron James, do Los Angeles Lakers, levou para casa cerca de R$ 343 milhões, enquanto Steph Curry, do Golden State Warriors faturou R$ 308 milhões. Kevin Durant, companheiro de Curry nos Warriors fecha a lista com R$ 252 milhões no bolso.