<
>

Espanha faz 3 a 0, acaba com invencibilidade da Suécia nas eliminatórias para a Eurocopa e se mantém na liderança

Invictas até o começo da quarta rodada das eliminatórias para a Eurocopa, Espanha e Suécia se enfrentaram nesta segunda-feira (10) no Santiago Bernabéu, em Madri. Com dois gols de pênalti, um de Sérgio Ramos e um de Morata, e o jovem Oyarzábal também marcando, o time espanhol fez 3 a 0, manteve os 100% de aproveitamento na competição e acabou com a invencibilidade sueca.

A Espanha controlou o jogo, teve a bola na maior parte do tempo e teve liberdade para trocar passes até a intermediária, mas a Suécia começou bloqueando bem a entrada da área, dificultando a criação de jogadas pelo meio.

A primeira chance do jogo veio aos 14 minutos, quando Fabián Ruiz resolveu arriscar de longe e obrigou Olsen a fazer boa defesa. Logo depois, Isco também tentou de longe e fez Olsen se esticar para defender.

Apesar das boas tentativas dos meias, os espanhóis começaram a insistir muito em bolas aéreas, principalmente buscando o atacante Rodrigo. Helander e Jansson, a dupla de zaga da seleção sueca teve boa atuação no primeiro tempo e, junto com o goleiro Olsen, neutralizaram todos os cruzamentos do time da casa.

Com a falta de chances claras de gol, a Espanha começou a lançar seus zagueiros para frente. Nos últimos minutos da primeira etapa, vários jogadores tentaram achar alguém em um cruzamento: Carvajal, Alba, Isco, Ruiz, Parejo, todos alçaram bolas na área sem sucesso. Nos acréscimos, Sérgio Ramos aproveitou o rebote da zaga em cobrança de escanteio e tentou de bicicleta, mandando por cima do gol.

Os anfitriões continuaram buscando o gol na etapa final. Aos 9, em lance de contra-ataque, Isco recebeu pela direita, invadiu a área e chutou cruzado, mas a bola passou à direita do gol.

A Espanha continuou a pressionar e, na marca de 17 minutos do segundo tempo, veio a recompensa. Em jogada pela esquerda, Asensio cruzou e a bola bateu no braço de Larsson dentro da área: pênalti que Sérgio Ramos bateu e abriu o placar.

Depois do gol, a Suécia tentou sair de trás e buscar o empate para manter a sua invencibilidade nas eliminatórias para a Eurocopa. Mantendo mais a posse de bola, os suecos tentaram vários cruzamentos para o centroavante Berg, mas a defesa espanhola foi bem para anular os ataques adversários.

Aos poucos, La Roja recuperou o domínio do jogo e começou a administrar a vantagem no placar. Aos 38 minutos, Morata arrancou pela esquerda, invadiu a área, foi derrubado por Helander e viu o árbitro marcar novo pênalti. Desta vez foi o próprio camisa 7 quem cobrou para ampliar a vantagem.

Três minutos depois, ainda deu tempo de Oyarzábal receber pela direita, cortar para o meio e bater colocado de canhota para fazer 3 a 0 e decretar o placar final.

Veja abaixo os resultados desta segunda-feira nas eliminatórias para a Eurocopa

Grupo A

Bulgária 2x3 Kosovo

República Tcheca 3x0 Montenegro

Grupo B

Sérvia 4x1 Lituânia

Ucrânia 1x0 Luxemburgo

Grupo D

Dinamarca 5x1 Geórgia

Irlanda 2x0 Gibraltar

Grupo F

Ilhas Faroe 0x2 Noruega

Malta 0x4 Romênia

Espanha 3x0 Suécia

Grupo G

Macedônia do Norte 1x4 Áustria

Letônia 0x5 Eslovênia

Polônia 4x0 Israel