<
>

Rooney pede planejamento ao United: “De que adianta trazer CR7, Messi?”

Quando o assunto é Manchester United, a opinião de Wayne Rooney, que defendeu o clube por 13 temporadas, é sempre válida. Em entrevista à BBC britânica, o atacante de 33 anos de idade, que atualmente defende o DC United, dos Estados Unidos, falou sobre o momento dos Diabos Vermelhos e deu sua opinião a respeito do futuro do clube, que tenta retomar o caminho das glórias.

Para o jogador, o técnico Ole Gunnar Solskjaer tem de priorizar a montagem de uma equipe, e não a contratação de uma estrela.

“Ole deve tentar construir um time. Não acredito que se trata de contratar um ou dois jogadores que custem mais de 100 milhões de euros. Isso não ajudaria o clube e nem os outros atletas”, afirmou. “Acho que a saída é contratar cinco ou seis jogadores com potencial, sem gastar tanto. O ideal é gastar 50 milhões e fazer com que evoluam, tentar um projeto com eles e em torno deles”, afirmou.

Aos 33 anos, Rooney atualmente joga pelo DC United, nos Estados Unidos (Foto: Reprodução/Twitter)

“De que adianta trazer Cristiano Ronaldo, Messi, Sergio Ramos, Bale… Custariam 400 milhões de euros. Para que? Renderiam durante duas temporadas e depois você volta a estaca zero”, completou.

Rooney, por sinal, fez parte de um projeto semelhante ao que propôs na entrevista. Aos 18 anos, despontou como grande revelação do futebol inglês no Everton. Foi contratado pelo Manchester United por 37 milhões de euros (R$ 162 milhões, na cotação atual) e defendeu as cores do time por mais de uma década. Ídolo incontestável da torcida, disputou 559 jogos e marcou 253 gols pelos Diabos Vermelhos.