<
>

Após papelão, Conmebol dá dinheiro para Boca e River melhorarem segurança em seus estádios

Depois dos acontecimentos na final da Copa Libertadores de 2018 entre Boca Juniors e River Plate, a Conmebol decidiu tomar medidas para "melhorar a segurança" das partidas. Entre elas, o repasse de U$ 723 mil para cada uma das equipes.

Segundo a entidade, "esta iniciativa faz parte do compromisso adquirido em novembro de 2018, quando a entidade estabeleceu como prioridade identificar, entender e combater as causas dos atos violentos que afetam o futebol sul-americano".

Em novembro do ano passado, os dois rivais argentinos chegaram a decisão do torneio continental. Depois de empatarem em 2 a 2 na Bombonera, as equipes iriam fazer a segunda partida no Monumental de Núñez, mas torcedores do River atiraram pedras no ônibus do Boca na chegada da equipe ao estádio e a partida foi suspensa.

Como medida de segurança, a Conmebol levou a decisão para o Santiago Bernabéu, estádio do Real Madrid. O episódio deixou uma mancha na história da Libertadores e da Conmebol.