<
>

Bragantino vence o São Bento e assume liderança provisória da Série B

Reprodução/Twitter

A noite de terça-feira reservou um duelo paulista pela Série B do Campeonato Brasileiro. No Estádio Nabi Abi Chedid, o Bragantino derrotou o São Bento pelo placar de 2 a 0 e assumiu a liderança provisória da competição nacional. Os gols da partida foram marcados por Wesley e Ytalo, ex-São Paulo.

Com o resultado, a equipe de Bragança Paulista chegou ao primeiro lugar da disputa com 16 pontos conquistados e campanha de cinco vitórias, um empate e uma derrota. Por outro lado, o time de Sorocaba segue estacionado na tabela de classificação, com sete pontos.

Na próxima rodada, o Bragantino continua em seus domínios, dessa vez para receber o América-MG, às 20h30 (horário de Brasília) da terça-feira dia 11. O São Bento, por sua vez, vai até Goiás para encarar o Vila Nova, às 19h15 do mesmo dia.

O jogo

Sem o técnico Doriva, suspenso, e com Fabrício Oya, emprestado pelo Corinthians, fazendo sua primeira partida como titular, o São Bento teve que queimar uma substituição logo no início da partida, após o zagueiro Elton sentir uma contusão.

No entanto, pouco depois, os visitantes receberam uma ‘agradável surpresa’. Aos 11 minutos, Léo Ortiz fez falta em Zé Roberto, impedindo chance clara de gol do time de Sorocaba – com isso, o árbitro Leandro Bizzio expulsou o atleta do Bragantino.

A partir daí, no primeiro tempo, as duas equipes alternaram momentos de superioridade, sempre exigindo boas defesas dos goleiros Júlio César, ex-Corinthians, e Paulo Vitor, ex-Juventus-SP.

No segundo tempo, o placar enfim foi aberto. Aos 20 minutos, Pio bateu escanteio fechado, Paulo Vitor falhou e a bola ficou limpa para Wesley. O atacante do Bragantino só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede e inaugurar o marcador: 1 a 0.

A reta final de jogo foi quente. Enquanto o São Bento tentava chegar ao empate, mas esbarrava na deficiência técnica, os donos da casa apostavam nos contra-ataques e na bola parada, levando perigo em ambos os fundamentos. Aos 42, o lateral direito Régis foi expulso e dificultou ainda mais a missão dos visitantes.

Quatro minutos depois, o Bragantino matou a partida. Novamente no contra-ataque, Ytalo arrancou com a bola e não teve problemas em vencer Paulo Vitor e fazendo o segundo dos mandantes. Com isso, o São Bento saiu de Bragança Paulista com a quarta derrota na Série B do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
BRAGANTINO 2 x 0 SÃO BENTO

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança (SP)
Data: 4 de junho de 2019, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Público: 4.976 pagantes
Renda: R$33.840,00
Cartões amarelos: Pio e Pedro Naressi (Bragantino); Régis, Fabrício Oya, Cafu e Zé Roberto
Cartões vermelhos: Léo Ortiz (Bragantino) e Régis (São Bento).
Gols: BRAGANTINO: Wesley, aos 20 minutos, e Ytalo, aos 46 do segundo tempo.

BRAGANTINO: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Pio, Pedro Naressi e Ytalo; Wesley (Bruno Tubarão), Thiago Ribeiro (Rayan) e Claudinho Técnico: Antônio Carlos Zago

SÃO BENTO: Paulo Vitor; Régis, Guilherme Mattis, Elton (Alisson) e Mansur; Fábio Bahia, Vinícius Kiss, Pablo (Joãozinho), Fabrício Oya (Alecsandro) e Cafu; Zé Roberto Técnico: Luizinho Rangel (auxiliar)