<
>

Jogador de confiança de Sarri no Napoli diz que torcida poderia ver ida do treinador para a Juventus como 'traição'

play
Matheus Pereira, meia ex-Corinthians, relembra estreia na Juventus e fala sobre emoção por jogar com CR7 (2:37)

Jogador brasileiro estreou pela Juve na reta final desta temporada (2:37)

Volante do Chelsea, o ítalo-brasileiro Jorginho disse que ficaria "desapontado" se Maurizio Sarri fosse para a Juventus e que a torcida do Napoli poderia ver o movimento como uma "traição".

A ESPN apurou que o Chelsea está pronto para aceitar um pedido da Juventus para ter Sarri como substituto de Massimiliano Allegri, mesmo após quase ter levado o Napoli ao título italiano - contra a Juventus - há menos de 12 meses.

Jorginho, que foi levado para o Chelsea por Sarri, disse que a torcida do Napoli levaria essa decisão do técnico como um insulto pessoal.

"Poderia ser visto como uma traição e isso é normal," disse Jorginho em uma coletiva antes da partida da Itália contra a Grécia, pelas Eliminatórias da Euro 2022. "Napolitanos ainda têm o Sarri em seus corações.

"Todos nós sabemos como as pessoas de Nápoles são - muito passionais. Para eles, poderia ser traição, porque eles são assim."

Apesar de levar o Chelsea para uma terceira colocação na Premer League e um título na Liga Europa, Sarri foi muito criticado nesta temporada; mas Jorginho disse que esse período será importante na carreira do seu compatriota.

"Eu acredito que [se o Sarri sair] seria desapontador para todo mundo," Jorginho disse. "Eu acho que o Sarri cresceu e aprendeu muito com a Premier League.

"Não apenas por nos treinar, mas por estar em um time tão grande - um dos maiores do mundo. Ter trabalhado com certos jogadores fez o Sarri crescer."