<
>

Gallardo, técnico do River Plate, tem contrato que acaba em dezembro

play
Boca só empata, River Plate é recebido com festa incrível no Monumental e até Gallardo entra na onda (2:07)

Equipe ganhou apoio dos torcedores ao voltar do primeiro jogo da final da Libertadores, na Bombonera (2:07)

Na última quinta-feira, o River Plate arrasou o Athletico Paranaense por 3 a 0 e sagrou-se campeão da Recopa Sul-Americana.

Foi a 10ª taça levantada pelo técnico Marcelo Gallardo desde que ele assumiu o clube de Buenos Aires, em 2014.

Dessa forma, ele ultrapassou o lendário Ramón Díaz e tornou-se o treinador com o maior número de títulos da história millonaria.

E se sua equipe está procurando comandante, aí vai uma notícia para ficar ligado: ele tem contrato com o River só até dezembro deste ano, e não deu garantias se irá continuar no time argentino.

"Não sei até onde vamos seguir insistindo... É algo que gera buscas permanentes, e uma pessoa não sabe até quando irá buscar", disse Gallardo, em sua coletiva de imprensa pós-título, deixando muito mistério no ar.

Multicampeão também como jogador, o ex-meio-campista afirmou que agora o tri da Libertadores é seu próximo objetivo.

Ao todo, ele já faturou as seguintes taças pelo River: duas Libertadores (2015 e 2018), uma Copa Sul-Americana (2014), três Recopas (2015, 2016 w 2019), uma Copa Suruga (2015), duas Copas Argentinas (2015/16 e 2016/17) e uma Supercopa Argentina (2017).

Nas oitavas do torneio continental, os Millonarios encaram o Cruzeiro.