<
>

Imprensa catalã fala em 'funeral' em decisão e pede mudanças no Barcelona: 'Construam uma nova equipe'

A derrota do Barcelona para o Valencia na final da Copa do Rei deixou a imprensa catalã furiosa. Após a partida, veículos de imprensa da região não pouparam críticas ao time do técnico Ernesto Valverde e pediram medidas urgentes e de reformulação geral na equipe para a próxima temporada.

O programa ‘El Barça Juga’, da rádio RAC1, pediu que a direção do Barcelona tome “decisões valentes”, construa uma nova equipe para a próxima temporada e, se necessário, traga um jogador de peso que possa capitanear o time. A rádio ainda usou a expressão “revolução”, dizendo que a mudança precisa ser profunda no clube.

O jornal Sport, da Catalunha, também não poupou críticas, classificando o final de temporada da equipe como um funeral. Críticas ao técnico e suas opções durante a partida contra o Valencia também estiveram presentes.

Sergi Roberto como ponta, Malcom no banco de reservas, Coutinho “faltando marcha”, Jordi Alba só atuando para Messi e os meio-campistas que precisam ouvir Piqué gritando que eles precisam correr para trás foram alguns exemplos. O jornal ainda falou em falta de solidariedade da equipe, que se perdeu.

No Mundo Deportivo, Santi Nolla, diretor do periódico, escreveu uma coluna pedindo mudanças no clube. As palavras foram fortes, falando que a equipe a entrar em campo eram um reflexo do time destruído em Anfield pela semifinal da Champions League.

Uma equipe depressiva dizia o texto. Um time que o problema não é o técnico, mas sim os jogadores. Foram pedidos jogadores mais intensos e de qualidade e sobretudo que saibam fazer gols.