<
>

Barcelona: Jornais voltam a detonar Coutinho: 'saída obrigatória', 'batata quente' e 'nem um minuto a mais no clube'

A vida de Philippe Coutinho em Barcelona não está mesmo nada fácil. O brasileiro foi titular neste sábado na final da Copa do Rei, mas mais uma vez saiu de campo derrota e detonado pela imprensa espanhola. O jornal Às, inclusive, voltou a decretar seu fim no Camp Nou.

“Não pode seguir vestindo a camisa do Barcelona nem por um minuto a mais. Sua preguiça e falta de intensidade são tantas que não importa mais se tenta um chute ou um calcanhar. Sua carreira no Barcelona terminou, goste ele ou não. Tem sorte que tudo indica que ele não voltará a pisar no Camp Nou com a camisa blaugrana porque a vaia que receberia seria escandalosa, no maior estilo Figo. O crédito já acabou e está claramente em dívida”, disse a publicação.

E o problema é que todos os jornais foram pela mesma linha.

“Se a história de Valverde no Barcelona está por terminar, o mesmo pode ser dito de Coutinho. Novamente desaparecido, incapaz de fazer um único drible, desesperado insistindo na mesma ação, sempre tentando ir por dentro. Sua saída é obrigatória para a direção esportiva do Barça, que tem uma batata muito quente nas mãos: recuperar o máximo possível do que pagou e ainda achar uma equipe que lhe pague o salário de 13,5 milhões de euros”, disse o Marca.

“Em sua linha errática e medíocre de toda a temporada, o brasileiro nem parece emocionalmente preocupado com os jogos. Ele tentou chutes e passes impossíveis que raramente eram eficazes”, pontuou a Agência Efe. “Melancólico, triste”, resumiu o catalão Sport, que deu nota 3 ao brasileiro.

“Esperando encantar algum dia, mas não foi essa vez de novo. Calcanhares inúteis e nada mais. Terá que ver se ainda terá outra oportunidade no Barcelona”, finalizou o Mundo Deportivo.

Coutinho encerra a temporada com 54 jogos e apenas 11 gols pelo Barcelona. Ele está convocado para a Copa América.