<
>

Para Mourinho, nova derrota do Liverpool na Champions League pode ser 'muito difícil' para Klopp

Finalista das duas últimas edições da Champions League e vice-campeão inglês, o técnico Jurgen Klopp é autor de um trabalho difícil de contestar. Fazendo sucesso com seu estilo de jogo, especialmente nos últimos anos com o Liverpool, o alemão também realizou grandes feitos no Borussia Dortmund. Pelo aurinegro, quebrou a hegemonia do Bayern de Munique ao se tornar campeão das temporadas 2011-12 e 2012-13 da Bundesliga, além de conquistar a Copa da Alemanha e chegar à final do continental também em 2012-13.

Em nenhuma das oportunidades em que chegou tão longe, porém, Klopp conseguiu conquistar a Liga dos Campeões. Com o Dortmund, acabou perdendo para o rival de Munique por 2 a 1 em Wembley, e no ano passado, o título ficou com o Real Madrid em uma dolorida derrota por 3 a 1 em Kiev.

A atual temporada, no entanto, trouxe uma nova oportunidade ao treinador. Desta vez contra o Tottenham, que já enfrentou em três ocasiões no último ano, Jurgen Klopp tem a chance de construir novas memórias no torneio, deixando para trás as lembranças amargas.

"Se Jurgen vencer, será uma conquista incrível para ele. Se perder, você sabe...perder três finais de Champions League deve ser muito difícil", afirmou o técnico José Mourinho durante entrevista ao jornal inglês Sky Sports.

Para o português, além da pressão que já existe em torno do confronto, o 'desconforto' do técnico com relação a desempenhos passados também pode ser um fator contra o Liverpool na partida. "Mas ele é uma pessoa muito positiva, tenho certeza que está pensando apenas na vitória", declarou.

Apesar das temporadas brilhantes que tem feito no comando dos Reds, o retrospecto de Klopp não é tão positivo em finais. Há quatro anos no cargo, o treinador ainda não conquistou títulos, apesar de ter chegado muito perto de faturar a Premier League nessa temporada.

O Tottenham de Mauricio Pochettino, por sua vez, não vem de uma histórico recente muito mais glorioso. Há cinco anos sob o comando do argentino, os londrinos têm feito temporadas interessantes no que diz respeito ao desempenho em campo, mas não conquistam um título desde 2008 e fazem sua primeira final de Liga dos Campeões este ano.

"Os Spurs não vem colecionando títulos, e ganhar o primeiro seria fantástico e poderia levar a outras conquistas nacionais, já que a Champions League é a maior de todas", completou Mourinho.

Marcada por trabalhos que optaram pela paciência em detrimento dos resultados imediatos, a final da Champions League acontece no próximo sábado (01), no Wanda Metropolitano, em Madrid.