<
>

Nova regra da Libertadores pode fazer até Boca ajudar River na Argentina; entenda como

play
Mudanças na Copa Libertadores têm relação com o futebol argentino; Bertozzi explica (2:46)

Chance do River Plate ter que disputar fase preliminar pode ter provocado alteração no regulamento (2:46)

As mudanças anunciadas pela Conmebol na terça-feira, sobre as regras de participação dos clubes na Copa Libertadores e Sul-Americana, criam dúvidas em diversas competições em curso no continente. Na Argentina, porém, há um caso curioso: o Boca Juniors pode acabar ajudando o River Plate.

É no país vizinho, aliás, que está a primeira e principal “vítima” da nova regra de que equipes que não estejam na elite de seu campeonato nacional não possam disputar os torneios continentais: o Tigre, classificado para a Sul-Americana e sonhando, em tese, com uma vaga na Libertadores.

O caminho que estava aberto para o Tigre era o da Copa da Superliga, torneio que dá ao campeão uma vaga na Libertadores. O time, rebaixado no Campeonato Argentino, está perto de ser finalista.

O Boca, na semifinal, também pode ficar com o título e, se conseguir, ajudará o River com a mudança. Isso porque a taça colocaria o arquirrival diretamente nos grupos da Libertadores 2020.

Tanto Boca quanto River já estão classificados para o principal torneio do continente, através do Argentino. Os “Millonarios”, porém, com a quarta colocação no campeonato, teriam que disputar as fases prévias. A condição pode mudar em caso de título do time do técnico Gustavo Alfaro.

Como foi terceiro no Argentino, também já classificado a Libertadores, o Boca avançando à decisão da Copa da Superliga e batendo o Tigre, abriria mais uma vaga direta. Como o vice-campeão da competição mata-mata não pode ir à disputa continental, o River seria beneficiado.

O Atlético Tucumán é outro que torce para o cenário. Quinto colocado no Argentino e derrotado no jogo de ida da semifinal contra o Tigre na Copa da Superliga por 5 a 0, o clube ficaria com a vaga na Libertadores que hoje é do River, com direito a entrar nas fases iniciais do torneio, antes dos grupos.

O Boca abriu sua semifinal na Copa da Superliga com empate em 0 a 0 com o Argentinos Juniors e decide uma vaga na decisão em casa no próximo dia 26 de maio. Na véspera, o Tigre tem tudo para confirmar sua classificação contra o Tucumán, defendendo os 5 a 0 da ida longe de seus domínios.

A situação inusitada criada com o comunicado da Conmebol, aliás, fez com que a própria Superliga se manifestasse contra as mudanças, pedindo interferência da AFA (Associação de Futebol Argentino), para que o regulamento divulgado inicialmente fosse respeitado. Ainda não houve resposta, contudo.