<
>

Lembra da Copa Suruga? Ela pode acabar por causa de um escândalo

play
Mudanças na Copa Libertadores têm relação com o futebol argentino; Bertozzi explica (2:46)

Chance do River Plate ter que disputar fase preliminar pode ter provocado alteração no regulamento (2:46)

A Copa Suruga Bank, torneio disputado anualmente no Japão entre o campeão da Copa Sul-Americana e o da Copa da Liga Japonesa, corre risco de acabar.

Isso porque o Suruga Bank, banco que batizou a competição com naming rights desde sue início, em 2008, foi recentemente flagrado em um enorme escândalo de corrupção no Japão.

Na semana passada, o banco admitiu que emitiu 7.813 empréstimos fraudulentos para investimentos em projetos imobiliários. O valor total dos empréstimos chegou a 1 trilhão de ienes (R$ 36,78 bilhões).

Com isso, o Suruga Bank anunciou que, para recuperar a credibilidade junto de seus investidores, irá vender uma porcentagem majoritária de suas ações ao concorrente Shinsei Bank, que passará a administrar de maneira conjunta.

Além disso, os serviços de cartão de crédito passarão a ser operados pela Nojima Corp.

Desde o estouro do escândalo, o Suruga Bank retirou o patrocínio da competição de futebol que organizada.

Dessa forma, ela é conhecida agora apenas como Final Copa da Liga Japonesa/Copa Sul-Americana, como consta no site da JFA (Associação de Futebol do Japão).

Sem os naming rights, a JFA agora busca um novo patrocinador para o torneio, mas, caso não encontre, ele corre risco de ser encerrado.

Para 2019, porém, a competição, que terá Shonan Bellmare x Athletico Paranaense, está assegurada, sendo sediada no Shonan BMW Stadium, em Hiratsuka (80 km de Tóquio).

A premiação deve ser paga com o naming rights da Copa da Liga Japonesa, vendido ao grupo Yamazaki, que usa a marca de biscoitos Levain.

Até hoje, apenas um clube brasileiro ganhou a competição contra os japoneses: o Internacional, que bateu o Oita Trinita por 2 a 1, em 2008.

Em 2013, o São Paulo foi derrotado por 3 a 2 pelo Kashima Antlers, enquanto a Chapecoense perdeu por 1 a 0 para o Urawa Red Diamonds, em 2017.