<
>

Mbappé queria ir ao Real Madrid de 'olhos fechados', relembra Emery; jornal fala em 'relação complexa' com Tuchel

O futuro de Kylian Mbappé ganhou destaque neste domingo depois que o atacante do Paris Saint-Germain deu uma declaração polêmica, em evento em que recebeu o prêmio de melhor jogador do Campeonato Francês.

"Talvez esse seja o momento de ter mais responsabilidades. Talvez seja no PSG, com muito prazer, ou talvez em outro lugar, com um novo projeto", afirmou.

Nesta segunda-feira, porém, foi o passado do jogador de 20 anos que chamou atenção.

O técnico do Arsenal, Unai Emery, que trabalhou até o meio de 2018 no clube francês, falou em entrevista à rádio Cadena Ser sobre quando o atacante queria ir ao Real Madrid.

"Eu falei com ele, com seu pai, para que se decidisse ficar no PSG. Queria escolher o Real Madrid, inclusive teve a opção do Barcelona. Ia com os olhos fechados, queria ir ao Real Madrid", disse o treinador.

“Entre todos, conseguimos convencê-lo que era um projeto de França, conseguiu que ele ficasse lá, também teria que colocar os montantes econômicos em cima da mesa, e isso o PSG fez”, afirmou.

O presente de Mbappé coube ao jornal francês Le Parisien, que apontou que o jogador tem uma “relação complexa” com o treinador Thomas Tuchel.

"A relação é boa, mas não necessariamente fluída. Há com frequência mal-entendidos ou áreas de atrito", aponta a publicação desta segunda-feira.