<
>

De 'vontade de vomitar' a comparação com Michael Jordan: atletas criticam o fim de Game of Thrones

A noite de domingo foi agitada no mundo esportivo. Dividindo atenção com as prorrogações do jogo 3 das finais do Leste da NBA, com a vitória do Toronto Raptors sobre o Milwaukee Bucks, o episódio final de Game of Thrones levou atletas às redes sociais.

Aparentemente os esportistas não gostaram muito do que viram na conclusão da aclamada série da HBO, baseada na obra de George R.R. Martin.

Talvez a crítica mais contundente tenha sido de Chris Long, campeão do Super Bowl com New England Patriots e Philadelphia Eagles, que escreveu críticas de todos os episódios da última temporada e foi bastante “gráfico” sobre o quanto queria vomitar após ver o episódio de domingo.

Seguindo na NFL, o recebedor Dez Bryant pediu apenas para saber o que Varys estava escrevendo pouco antes de ser aprisionado e executado no episódio anterior.

Cam Heyward, defensor do Pittsburgh Steelers, comparou Bran Stark, que acabou sendo nomeado como o Rei dos Seis Reinos, com Kevin Durant no Golden State Warriors: “Não precisavam dele, mas ganha o MVP e as finais”.

Kevin Love, do Cleveland Cavaliers, foi outro a criticar o desfecho, dizendo que sente saudades da quarta temporada.

Na mesma onde de “saudosismo”, a ex-atleta olímpica dos 100 metros com barreiras LoLo Jones comparou Game of Thrones com a carreira de Michael Jordan. Enquanto as primeiras cinco temporadas foram comparadas os anos de Chicago Bulls, os últimos três anos acabou virando um Jordan do Washington Wizards, que não tinha tanta grandeza.