<
>

Premier League: Manchester City goleia Brighton de virada e é bicampeão

O Manchester City é o campeão da edição mais emocionante da história da Premier League.

A equipe visitou o Brighton no The American Express Community Stadium, levou um susto, mas venceu por 4 a 1, de virada, neste domingo. Glenn Murray abriu o placar para os mandantes na partida válida pela última rodada, enquanto Sergio Agüero, Aymeric Laporte, Riyad Mahrez e Ilkay Gündogan viraram e definiram o bicampeonato.

O City, que precisava de uma vitória simples para assegurar a taça sem depender do resultado do Liverpool, foi a 98 pontos e encerra com a segunda melhor campanha da história da competição (que existe desde 1992-93). O próprio clube detém o recorde, com 100 pontos alcançados na campanha passada.

O Liverpool bateu o Wolverhampton e terminou como vice com 97 pontos, desempenho que o faria campeão em 25 das outras 26 edições do campeonato.

Dessa forma, o Campeonato Inglês conhece um bicampeão pela primeira vez em uma década – o último havia sido o Manchester United, em 2007-08 e 2008-09. Naquela ocasião, os Red Devills foram tricampeões, porque triunfaram também em 2006-07.

No total, os Citizens vão a seis conquistas na liga nacional (1936–37, 1967–68, 2011–12, 2013–14, 2017–18) e empatam com Chelsea e Sunderland como o sexto clube que mais vezes ficou com a taça. O líder da lista é o Manchester United, com 20.

Agora, os comandados de Pep Guardiola ainda terão mais um jogo antes do fim da temporada. A equipe enfrentará o Watford na decisão da Copa da Inglaterra em Wembley, no sábado, às 13h (de Brasília), e poderá conquistar seu terceiro troféu na temporada – já conquistou também a Copa da Liga Inglesa.

O Brighton, que entrou em campo já garantido na próxima edição da Premier League, encerra na 17ª colocação, a primeira fora da zona de rebaixamento, com 36 pontos.

O susto, a virada, a goleada e o título

Como era de se esperar, o time de Pep Guardiola foi ao ataque e dominou completamente o jogo, mas seria o adversário que abriria o placar em seu primeiro lance de perigo, aos 27min. Pascal Groß cobrou escanteio na área e Glenn Murray aproveitou vacilo da marcação e saída atrasada de Ederson para cabecear para o fundo da rede.

A resposta demoraria apenas 83 segundos. Laporte fez o passe para a área, David Silva desviou e Agüero completou. O argentino marcou seu 21º gol na competição e termina como vice-artilheiro - Mohamed Salah, Sadio Mané e Pierre-Emerick Aubameyang ficaram à frente, com 22 tentos.

O torcedor respiraria aliviado aos 38min, quando Laporte apareceu livre na área para concluir de cabeça uma cobrança de escanteio de Riyad Mahrez.

Na etapa final, o duelo continuou controlado pelo City, que viu sua situação ficar mais tranquila aos 18min. Mahrez recebeu de Silva, avançou no campo de ataque e mandou um belo chute da meia-lua. O goleiro Matthew Ryan ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

O triunfo virou goleada aos 27min com Ilkay Gündogan fazendo um golaço em cobrança de falta.

A Premier League mais insana da história, enfim, estava definida.

Histórico! Veja a reação de Guardiola e elenco do Manchester City após apito final e conquista da Premier League