<
>

Athletico-PR: Thiago Heleno e Camacho são pegos no antidoping na Libertadores

A Conmebol notificou oficialmente o Athletico-PR por conta de dois exames positivos no antidoping realizado após a partida diante do Tolima, no último dia 9 de abril, na Arena da Baixada. pela Libertadores. O zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho teriam utilizado um complemento nutricional antes do jogo.

O General já foi suspenso preventivamente, situação que pode perdurar até 60 dias, prazo para explicações.

No caso do volante, ainda falta a contraprova antes de o clube afastar o atleta para fazer sua defesa antes do julgamento, que será apenas dos jogadores, não do clube - garantido nas oitavas de final. Ambos, aliás, já não atuaram diante de Jorge Wilstermann e Boca Juniors.

Quem também ficou de fora na Bombonera foi Bruno Guimarães, que teria sido tirado horas antes do jogo por causa de uma gripe, mas havia consumido também o suplemento.

Esse também é o caso do meia João Pedro, que esteve na delegação na Libertadores, mas foi emprestado ao Paraná Clube, realizou exames e já não possuía mais a substância no organismo.