<
>

Atlético de Madrid: Godín chora, se despede e parte para ser o jogador mais bem pago da Inter de Milão

Após nove anos de Atlético de Madrid, o zagueiro Diego Godín anuncia sua saída do clube.

O comunicado oficial foi feito nesta terça-feira, em entrevista coletiva repleta de emoção por parte do defensor uruguaio. A despedida aconteceu porque o clube e o atleta não chegaram a um acordo para renovação de contrato, que expira no dia 30 de junho deste ano.

Entre agradecimentos ao time pela longa trajetória, ele explicou os motivos de sua despedida.

“Eu gostaria de jogar aqui até ter 40 anos, se fosse possível. Para mim, a prioridade sempre foi este clube, o time e meus companheiros de equipe. Mas não conseguimos firmar um acordo, então, decidi sair. Não há nada além disso”, disse.

Enquanto anunciava a saída, o atleta não conseguiu segurar a emoção e chorou.

"Se acaba o ciclo mais bonito da minha vida", revelou.

No Twitter, o clube espanhol postou um vídeo com imagens marcantes da trajetória do atleta vestindo sua camisa e conquistando campeonatos.

Segundo a Gazzetta Dello Sport, o jogador deve ser anunciado pela Inter de Milão, e receberá o salário mais alto do elenco italiano. O valor gira em torno de seis milhões de euros por ano de contrato (cerca de 30 milhões de reais na cotação atual).

Em 2010, Godín acertou a transferência do Villarreal para o Atleti. Desde então, iniciou uma passagem de sucesso pela equipe madrilena, conquistando não apenas o carinho da torcida, mas também muitos títulos. Em nove anos de clube, o uruguaio ergueu uma taça do Campeonato Espanhol, Copa do Rei e duas da Europa League.