<
>

Cristiano Ronaldo se sente adaptado à Juventus e diz: 'Viram que não sou um charlatão'

Cristiano Ronaldo está perto de terminar a sua primeira temporada como jogador da Juventus. Depois de ter conquistado o Campeonato Italiano com a equipe, e na condição de protagonista, o português disse se sentir bem na equipe de Turim.

“Me adaptei perfeitamente na Juventus. Viram que não sou um charlatão. É Cristiano, e é porque se cuida. Uma coisa é falar, outra é fazer. Por que ganhei cinco Bolas de Ouro e cinco Champions?", afirmou em entrevista à revista Icon, do jornal El País.

Contratado por 100 milhões de euros aos 33 para 34 anos de idade, o camisa 7 esteve em campo em 40 das 47 partidas da Velha Senhora na temporada, sendo 38 como titular. Ele ficou lesionado em cinco partidas, esteve suspenso em uma e foi poupado em outra. Ele soma 27 gols e dez assistências em 2017-18 pelo time.

“A primeira coisa que faço é ser eu mesmo, não ser além. Minha ética de trabalho é sempre a mesma. Se um dono de uma empresa chega e começa a gritar com todo mundo, as pessoas não o verão como um líder. Dirão: 'Este é meu chefe, mas não me trata bem'. Deve-se ser humilde, aprender que não se sabe tudo. Se está pronto, capta coisinhas que te fazem melhorar como atleta”, declarou.

O cinco vezes melhor jogador do mundo ainda comentou sobre a pressão que teve na carreira, em que já defendeu também Sporting, Manchester United e Real Madrid.

“É certo que senti muita pressão desde jovem. Quando vim para o Real Madrid fui o jogador mais caro da história. No Manchester United, depois de ganhar a minha primeira Bola de Ouro aos 23 anos, as pessoas pensavam 'este tem de estar já no máximo'. Nos últimos dez a doze anos tive sempre essa pressão adicional", disse.