<
>

Com golaço de cobertura, Bahia vira sobre o Corinthians na estreia pelo Brasileirão

No duelo entre os campeões da Bahia e de São Paulo a festa foi da torcida tricolor na Fonte Nova.

De virada, o Bahia começou o Campeonato Brasileiro vencendo o Corinthians por 3 a 2, com Pedrinho e Clayson marcando pelo time paulista, enquanto Arthur Caíke, Artur e Rogério anotaram pelos donos da casa.

Aliás, o grande destaque fica para o terceiro gol do Bahia, anotado por Rogério encobrindo Cássio para fechar o placar.

FINAL DE 1º TEMPO AGITADO

O primeiro tempo esquentou mesmo nos acréscimos, quando tivemos dois gols.

Primeiro foi o Corinthians, que comemorou aos 46 no chute de fora da área de Pedrinho. Mas não deu tempo nem de comemorar, pois aos 48 Nino Paraíba cruzou para a área e Arthur Caíke aproveitou a bobeira da defesa para deixar tudo igual.

O jogo também teve a participação do VAR, quando Nino Paraíba dominou na área e caiu na tentativa de passar por Carlos Augusto. Wilton Pereira Sampaio deixou o jogo correr e depois foi chamado para rever o lance, mas ele manteve a decisão e não marcou nada.

VIRADA MAIÚSCULA

A “Lei do Ex” quase apareceu aos 11 minutos. Moisés arriscou de muito longe e a bola tinha endereço, mas Cássio conseguiu um leve desvio com as pontas dos dedos e o chute explodiu na trave, com Ramires desperdiçando o rebote.

O Corinthians também criou duas boas chances chutando de longe. Primeiro foi Ramiro, aos 20, na bola que desviou em dois defensores antes de sair, e depois foi com Clayson, aos 25, que parou nas mãos do goleiro Anderson.

Aos 30, a virada dos donos da casa. Pela esquerda, Rogério acionou Gilberto, que cruzou para trás, rasteiro. A bola encontrou Artur no meio da área, livre para mandar para a rede.

Para fechar, um golaço de Rogério. Ralf falhou no contra-ataque do Bahia e Rogério mandou por cobertura para fazer explodir a festa na Fonte Nova.

O Corinthians ainda diminuiu com Clayson, já nos acréscimos, com um golaço que acabou sendo pouco comemorado, já que era insuficiente para reverter o prejuízo.

NA PRÓXIMA RODADA

O Corinthians volta a campo na tarde da quarta-feira, aproveitando o feriado do 1º de Maio, para encarar a Chapecoense, em Itaquera, às 16 horas (de Brasília). Já o Bahia viajará para encarar o Botafogo no Rio de Janeiro, na quinta-feira, às 20 horas.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA 3 X 2 CORINTHIANS

Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 28 de abril de 2019, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho e Bruno Pires (ambos de GO)
VAR: André Luis Castro (GO)
Público: 29.215 pagantes
Renda: R$ 804.505,0
Cartões amarelos: Nino Paraíba (Bahia); Cássio, Boselli, Carlos, Fagner (Corinthians)
Gols: BAHIA: Arthur Caíke, aos 48 minutos do primeiro, Artur, aos 31, e Rogério, aos 38 minutos do segundo tempo CORINTHIANS:Pedrinho, aos 47 minutos do primeiro, e Clayson, aos 50 minutos do segundo tempo

BAHIA: Anderson; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Élton, Ramires (Nilton), Arthur Caíke (Rogério) e Artur; Fernandão (Gilberto) Técnico: Roger Machado

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Pedro Henrique e Carlos; Ralf, Ramiro (Mateus Vital) e Sornoza (Jadson); Pedrinho (Vagner Love), Clayson e Boselli Técnico: Fábio Carille