<
>

Felipe Melo responde sobre polêmica de ter derrubado adversário com os genitais

Felipe Melo durante coletiva do Palmeiras em Arequipa, no Peru Cesar Greco/Ag Palmeiras

Nesta quarta-feira, véspera do jogo entre Melgar e Palmeiras, pela 5ª rodada da fase de grupos da Libertadores, Felipe Melo foi questionado em entrevista coletiva por uma declaração após o duelo contra o time peruano no primeiro turno da competição.

Na ocasião, o volante disse ter derrubado um adversário com "os genitais".

Ao ouvir que sua declaração não "pegou bem" e ser questionado por um jornalista peruano se via falta de respeito em sua fala, o camisa 30 foi enfático.

"Para mim, isso não interessa. Falta de respeito é cuspir na cara de outo. Isso não é falta de respeito", bradou.

No jogo que ocorreu no dia 12 de março, o Verdão bateu o Melgar por 3 a 0 no Allianz Parque. O jogador, porém, ficou marcado por uma entrada mais rigorosa no camisa 19 da equipe peruana Alexis Arias, durante a primeira etapa. O palmeirense afirmou que o rival foi "esperto", valorizou o lance e que sua genitália que o derrubou.

"Eu tinha roubado uma bola minutos atrás de lado, fui dar o carrinho de lado. Ele muito esperto, entrou. O árbitro viu que não dei uma tesoura nele. Não pego com a sola do pé nas costas dele, minha genitália encosta e derruba ele", afirmou na ocasião.

Melgar e Palmeiras se enfrentam nesta quinta-feira, às 23h (de Brasília), em Arequipa, no Peru. O Alviverde precisa apenas de um empate para eliminar o rival e se garantir nas oitavas de final da Libertadores.