<
>

'PSG gasta não sei quantos milhões e não ganha Champions', diz Felipe Melo sobre favoritismo do Palmeiras

Na opinião do volante Felipe Melo, o enorme poderio financeiro do Palmeiras não torna o time brasileiro favorito contra o Melgar-PER, adversário de quinta-feira, pela 5ª rodada da fase de grupos da Libertadores.

O experiente meio-campista usou como exemplo os sucessivos fracassos do Paris Saint-Germain, um dos clubes mais ricos do mundo, na Uefa Champions League para mostrar que dinheiro não ganha jogo.

Além disso, ele também recordou a queda da poderosa Juventus, outro dos times mais cheios da grana da Europa, para o Ajax, equipe que atualmente não consegue competir no mesmo escalação financeiro de outros gigantes do "Velho Continente".

"O PSG gasta não sei quanto milhões e não ganhou a Champions League... A Juventus saiu para o Ajax... Temos uma boa equipe e vamos tentar mostrar outra vez", salientou Melo.

O camisa 30 do Palmeiras também fez elogios à equipe do Melgar.

"O jogo vai ser muito difícil. É uma equipe boa, um ataque rápido, um número 10 que é bom, temos de estar de olho nele. Partida decisiva, vamos ver se ganhamos. Respeitamos todas as equipes. É a máxima do futebol, respeitar", bradou.

"É um time que vai jogar todas as fichas nesse jogo. É a única oportunidade deles classificarem passa por vencer esse jogo. A gente sabe que vai ser muito difícil e importante. Nós também queremos classificar e precisamos de no mínimo um ponto. A nossa ideia é classificar em primeiro, a gente precisa vencer os dois jogos. Vamos encarar como uma final de campeonato. É um time que precisa vencer para classificar. Vai nos criar dificuldade", complementou.

Com 9 pontos em 4 jogos, o Verdão está em 2º lugar do grupo F, atrás do San Lorenzo, que tem 10. Já o Melgar possui apenas 4, o que significa que um empate em Arequipa já garante a classificação dos comandados de Luiz Felipe Scolari para as oitavas de final.

O Palmeiras encara os peruanos nesta quinta-feira, às 23h (de Brasília).