<
>

Copa América 2020: Argentina e Colômbia são oficializadas como sedes, e regulamento é alterado

Conforme havia antecipado a ESPN em 13 de março, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) confirmou nesta terça-feira que a Copa América de 2020 será realizada em Argentina e Colômbia.

A decisão foi tomada durante Conselho da entidade sul-americana, no Rio de Janeiro.

Ficou definido que haverá uma primeira fase com dois grupos, em em cada sede.

No Norte (Colômbia), estarão Brasil, Venezuela, Equador, Peru e um convidado, além do país anfitrião.

Já no Sul (Argentina), ficam Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia e outro convidado, além dos anfitriões.

Cada um dos hexagonais terá quatro classificados para a próxima fase, que terão quartas de final, semifinais e final.

Ainda não foi divulgado se a grande decisão será na Colômbia ou na Argentina.

No novo formato, aliás, a Copa América passará a ter 38 partidas, 12 a mais do que atualmente.

"O objetivo central desta mudança é dar mais alegrias aos torcedores e diminuir as distâncias das partidas da seleções para o público sul-americano", explicou o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

"Os torcedores poderão desfrutar de pelo menos cinco partidas de sua seleção, o que reforça o espetáculo e a festa esportiva", completou.