<
>

Atlético vence Tupynambás com golaço de Ricardo Oliveira e vai à semi em dia de festa no Mineirão

O domingo para o atleticano foi perfeito: Mineirão lotado, ações no estádio para o aniversário do clube e a vitória em campo. Na véspera dos 111 anos do Atlético-MG, o clube alvinegro venceu o Tupynambás por 3 x 1, com dois gols de Cazares e um de Ricardo Oliveira e Ademílson diminuiu para os visitantes. O resultado garantiu o avanço da equipe de Belo Horizonte para a semifinal do Campeonato Mineiro.

O clima era de festa nos arredores do 'Gigante da Pampulha'. O clube preparou shows com rappers (como Djonga, mineiro e atleticano), Dudu Nobre e outras atividades na esplanada do Mineirão para animar o torcedor.

Quando a bola rolou, o futebol apresentado não foi o mesmo espetáculo, mas foi o suficiente para garantir o avanço do clube na competição.

O JOGO

Apesar de manter a maior posse de bola na primeira etapa, o Atlético não criou muitas chances claras de gol.

David Terans, aos 26 minutos, acertou uma bola na trave em cobrança de falta. O arqueiro do Tupynambás nem se mexeu e viu a bola explodir e sair.

O gol saiu um minuto depois, após pressão da marcação atleticana.

Luan aproveitou a cobrança da lateral, enxergou Cazares entrando sozinho na área e tocou para o equatoriano. O craque alvinegro pegou de primeira, no contra-pé do goleiro Renan, fazendo 1 a 0 para o Atlético.

No segundo tempo, Levir Culpi tirou Jair e Terans e colocou Elias e Maicon Bolt, o que foi determinante para o outro tento da equipe.

Aos 17 minutos, Cazares mais um. Bolt, em sua primeira participação na partida, avançou poela esquerda e tocou para o camisa 10 entrando na área, que bateu no cantinho fazendo o segundo para o Atlético.

O Tupynambás diminuiu de pênalti. Zé Welison cometeu falta - a reclamação do Atlético é que o toque teria sido fora da área -, e Ademílson bateu e diminuiu para os visitantes.

Aos 36 minutos da segunda etapa, Ricardo Oliveira cobrou falta com perfeição e fez o terceiro do alvinegro. A bola foi no ângulo, sem chances para Renan.

Agora, classificado para a semifinal, que diferentemente das quartas acontecerá em dois jogos, o time alvinegro encara o Boa Esporte ou a Caldense (depende do resultado do confronto contra o América-MG).

No dia 03/04, o Atlético enfrenta o Zamora, pela fase de grupos da Copa Libertadores.