<
>

Libertadores: Principal jornal argentino relata 'sérias limitações do São Paulo' e reclama de juiz 'caseiro'

play
Hofman critica responsáveis pelo futebol do São Paulo, que sumiram após 'eliminação historica, traumatica e vergonhosa' (2:05)

Eliminados da Libertadores, nem Leco, nem Raí deram entrevista coletiva no Morumbi (2:05)

O Clarín, principal jornal da Argentina, fez pesadas críticas ao São Paulo, que foi eliminado da Libertadores pelo Talleres na última quarta-feira, após um empate por 0 a 0 no Morumbi.

O diário fez uma análise do futebol apresentado pelo clube de Córdoba, admitindo que no segundo tempo a equipe foi dominada. No entanto, salientou que o Tricolor jamais ameaçou realmente a classificação dos argentinos.

"A equipe de Juan Pablo Vojvoda foi de maior a menor. Arrancou plantada no campo adversário, com um bom trabalho no meio-campo do eixo Cubas-Guiñazú e seguro no fundo com os centrais Tenaglia e Komar. Ademais, o lateral direito Leonardo Godoy era uma flecha, passando da defesa ao ataque com a velocidade mais habitual de um ponta brasileiro que de um argentino", escreveu.

"No segundo tempo, o físico cobrou o preço ao conjunto argentino, que baixou o ritmo e se acomodou mais perto da área de Herrera, o goleiro que teve pouco trabalho, mas que foi bem a cada oportunidade em que foi colocado para trabalhar", prosseguiu.

"O passar dos minutos acelerou o São Paulo, uma equipe que mostrou sérias limitações e acabou atacante mais por inércia que pelo próprio futebol, já sob muitas reclamações de seus torcedores", complementou.

O Clarín ainda viu uma arbitragem pró-São Paulo no confronto.

"A missão já não era fácil para o Talleres: à sua frente, estava a história copeira do São Paulo e o mítico Morumbi. Além disso, os cordobeses tiveram um rival extra: o árbitro equatoriano Roddy Zambrano, que protagonizou uma atuação caseira, dinga de outros tempos, especialmente na primeira parte, quando permitiu faltas excessivas do time local sem dar cartões e ainda não marcou um pênalti claro em Sebastián Palacios", detonou.

No próximo estágio da Libertadores, o Talleres pega o Palestino, do Chile, que eliminou o Independiente Medellín, da Colômbia. Quem passar deste confronto se classifica para a fase de grupos.