<
>

Erick comemora reinício no Vitória apesar de mau momento do Leão

Em uma partida sem muitos atrativos e com o placar inalterado, Erick acabou se destacando como o melhor homem em campo. Autor de jogadas de efeito e peça fundamental no ataque do Vitória, o jogador comemorou a boa atuação, embora sua equipe tenha voltado para casa com um mísero ponto na bagagem e a incômoda permanência na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Durante o duelo com o Sport, nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro lotada, Erick mostrou ousadia e chegou até mesmo a dominar um lançamento de letra, como Neymar costuma fazer, mesmo com a marcação em cima. Depois de não conseguir embalar no Náutico e, posteriormente, no Braga, de Portugal, ele parece estar dando a volta por cima.

“Estou feliz, me adaptei bem, Salvador é quase a mesma coisa que Recife. Espero dar continuidade no próximo jogo em casa para podermos sair com o resultado positivo”, disse Erick, sem esconder a satisfação devido ao seu desempenho.

Rhayner, por sua vez, foi mais comedido e falou sobre a situação extremamente delicada do Vitória nesta Série A. Restando apenas quatro rodadas para o fim do campeonato, o Leão segue na zona de rebaixamento, mais precisamente em 18º lugar, com 36 pontos, e terá de deixar tudo em campo caso ainda sonhe com a permanência na elite do futebol brasileiro.

“Difícil falar, é uma situação incômoda para caramba. Temos que ter cabeça fria, se a gente entrar em desespero à essa altura, vai ser pior para a gente. Temos que trabalhar e correr atrás a cada jogo, viver cada jogo como se fosse o último para revertemos isso”, concluiu.