<
>

Garoto de apenas 14 anos marca no maior clássico do Paraguai, que acaba com empate dramático

Fernando Ovelar comemora ao marcar para o Cerro Porteño diante do Olimpia EFE

14 anos, 9 meses e 27 dias. Foi com essa idade que o atacante Fernando Ovelar, do Cerro Porteño, marcou seu primeiro gol como profissional. Para dar ainda mais contundência ao feito, o adversário deste domingo foi justamente o Olimpia, o grande rival dos cerristas.

O jovem já havia sido titular na partida contra o 3 de Setembro, no último domingo, pelo Campeonato Paraguaio, mas não conseguiu evitar o tropeço de seu time, que empatou por 1 a 1. Diante do Olimpia, no maior clássico do país, recebeu mais uma chance do técnico espanhol Luis Zubeldía e dessa vez não decepcionou, abrindo o placar logo aos 16 minutos, com um belo gol.

Na ocasião, a joia foi lançada, saiu na cara de Aguilar e mostrou frieza ao dar uma cavadinha, balançando a rede. Assim, o atacante se tornou o jogador mais jovem a marcar um gol na competição nacional.

No entanto, o garoto de 14 anos não saiu de campo com a vitória. O Olimpia empatou ainda no primeiro tempo, e o Cerro retomou a vantagem aos 48 minutos da etapa final, mas ainda assim o rival conseguiu o empate. No apagar das luzes, aos 58 minutos, após uma confusão, Ortega fez de pênalti e deu números finais ao histórico clássico: 2 a 2.