<
>

"O melhor não estava", diz Valverde sobre ausência de Messi no The Best

Na última segunda-feira, Luka Modric, do Real Madrid, foi eleito o melhor jogador do mundo pelo prêmio “The Best”, da Fifa. Diferente do que vinha acontecendo na última década, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi não estiveram no topo da premiação.

E o argentino, inclusive, nem entre os três finalistas ficou, decisão que seu treinador, Ernesto Valverde, discorda.

“Cada um tem a sua opinião. Eu tenho a minha. Nem acho que seja o momento de comparar jogadores. Modric é um grande jogador e fez um grande ano, mas para nós, Leo (Messi) é o melhor. É um prêmio que se chama “O Melhor” e o melhor não estava”, disparou o comandante do Barcelona.

Valverde também aproveitou para fazer duras críticas às premiações futebolísticas de modo geral:

“Há alguns anos, não existiam tantos prêmios. Agora, tudo aumentou. Cada festa de gala é uma homenagem para quem a organiza. E também tem mais espaço para mais polêmicas, porque há muito ruído. Cada vez mais vira um ‘show business'”, pontuou.

O Barcelona volta a campo nesta quarta-feira, quandro enfrenta o Leganés, às 15h (de Brasília), pelo Campeonato Espanhol.