<
>

Santos surpreende e relaciona suspenso Carlos Sánchez para jogo contra o Independiente

O Santos surpreendeu nesta segunda-feira ao anunciar que o volante Carlos Sánchez está relacionado para a partida contra o Independiente-ARG, nesta terça-feira, pela volta das oitavas de final da Libertadores, no Pacaembu.

Isto porque o uruguaio teoricamente ainda tem que cumprir uma partida de suspensão no torneio, e não poderia entrar em campo no jogo marcado para 19h30 (horário de Brasília), na capital paulista.

O fato chamou a atenção da imprensa argentina. O jornal Olé, por exemplo, chamou a decisão santista de "inesperada" e "inexplicável".

No jogo de ida, Sánchez entrou em campo de maneira irregular. O imbróglio pode transformar o empate por 0 a 0 com o Independiente em uma derrota por 3 a 0, depois que o time argentino denunciou o clube brasileiro pela escalação irregular do meio-campista, que tinha que cumprir um jogo de suspensão, de acordo com a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

O time brasileiro, por sua vez, argumenta que o uruguaio não constava como suspenso no sistema COMET, usado pela Confederação para informar aos clubes sobre os atletas que possuem ou não condição de jogo.

Vale lembrar que o "Peixe" contratou um "reforço de peso" para fazer sua defesa no polêmico caso da Libertadores: o advogado Mário Bittencourt, que teve atuação destacada no STJD em 2013, quando o Fluminense se salvou da queda para a Série B com a punição aplicada à Portuguesa pela escalação irregular do meia Héverton no último jogo do Campeonato Brasileiro.