<
>

Santos anuncia contratação de meia costarriquenho Bryan Ruiz

O Santos anunciou nesta quarta-feira a contratação do meia Bryan Ruiz, de 32 anos. O jogador estava no Sporting-POR e não teve seu vínculo renovado pelo clube português. Ele assinou um contrato de dois anos e meio, válido até o final de 2020.

Ruiz já havia avisado no último domingo que viajaria rumo ao Brasil para realizar os exames médicos. Após passar dois dias no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, não foi constatado nenhum tipo de lesão, e a assinatura ficou para esta quarta, na Vila Belmiro.

Bryan Ruiz é um dos destaques e capitão da seleção da Costa Rica, que disputou a Copa do Mundo da Rússia e, inclusive, enfrentou o Brasil na fase de grupos - perdeu por 2 a 0. O camisa 10 dos Ticos não marcou nenhum tento no Mundial, mas bateu um pênalti que entrou, porém foi assinalado como gol contra do goleiro da Suíça, por ter batido na trave e volta em suas costas.

Ele tem 114 jogos disputados por seu selecionado nacional e seu maior destaque foi em 2014, no Brasil, quando conseguiu se classificar no chamado "grupo da morte", com Inglaterra, Uruguai e Itália. Na ocasião, os jogadores costarriquenhos ficaram hospedados em Santos e Ruiz, inclusive, chegou a receber uma camisa santista com seu nome e o número 10.

Agora, na Vila Belmiro, no entanto, não deverá vestir esta numeração, já que ela pertence a Gabriel, emprestado pela Inter de Milão.

Além do Sporting, onde realizou 121 partidas, o meia ainda teve passagens por Alajuelense-CRC, Twente-HOL, PSV-HOL, Gent-BEL e Fulham-ING.

Meia de origem, Bryan Ruiz chega para tentar solucionar o problema de armação do Santos, que se estende desde a saída de Lucas Lima para o Palmeiras, no início deste ano. Desde então, atuaram na função Jean Mota, Emiliano Vecchio, Vitor Bueno e Diogo Vitor, mas nenhum empolgou.

Antes da chegada do costarriquenho, o técnico Jair Ventura vislumbrava o time com quatro atacantes, tendo o jovem Rodrygo "sacrificado" na posição de meio-campista e Bruno Henrique, Sasha e Gabriel à frente.