<
>

Santos só libera Copete, que perdeu espaço, por R$ 28 milhões

Depois de começar 2018 como titular, Copete perdeu espaço e hoje nem é relacionado pelo técnico Jair Ventura para o banco de reservas do Santos. Mesmo assim, o atacante está com moral com a diretoria.

O presidente José Carlos Peres e os demais dirigentes afirmam que o Peixe só liberará o colombiano mediante ao pagamento de sete milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões).

No começo de 2018, Copete foi procurado pelo Atlético-MG. Nos últimos dias, a especulação voltou à tona, mas o alvinegro afirma que não foi procurado. O empresário do jogador, Luiz Taveira, foi para Belo Horizonte, mas tratou apenas de questões referentes ao meia Serginho, emprestado ao América-MG.

Copete tem contrato com o Santos até junho de 2020. Ele chegou ao Peixe em 2016, por cerca de R$ 5 milhões pagos ao Atlético Nacional-COL, campeão da Libertadores naquele ano.

No momento, Rodrygo e Eduardo Sasha são os pontas titulares. Arthur Gomes e Diogo Vitor estão à frente de Copete no elenco. E Bruno Henrique se recupera de contusão na retina do olho direito.