<
>

Cruzeiro vence o Tupi na semifinal do Mineiro com gol e expulsão de Ariel Cabral

Depois de chegar de ônibus popular no estádio em Juiz de Fora, o Cruzeiro venceu o Tupi nesta quarta-feira por 1 a 0, na partida de ida da semifinal do Campeonato Mineiro.

O gol da vitória celeste foi marcado por Ariel Cabral logo no primeiro minuto do segundo tempo. O volante argentino, porém, seria expulso aos 26 por uma cotovelada em Léo Costa, do Tupi.

Com este resultado, o Cruzeiro pode até empatar no Mineirão, no domingo, no duelo de volta das semifinais, que mesmo assim avança para a decisão do Estadual.

O time de Mano Menezes segue invicto no Mineiro, com 11 vitórias e dois empates em 13 jogos, com 23 gols marcados e apenas dois sofridos.

O jogo

Os minutos iniciais do confronto foram bastante disputados, mas com leve superioridade do Tupi. A postura da equipe de Juiz de Fora se mostrou interessante, já que o time forçava a saída de bola celeste e dava trabalhos.

Após os 10 minutos, no entanto, o Cruzeiro conseguiu equilibrar a situação. As chegadas do Tupi não eram mais claras e a defesa se comportava melhor.

Quando o duelo avançou para além dos 20 minutos, o Cruzeiro conseguiu completo domínio. A equipe celeste avançou suas linhas de marcação, os dois zagueiros jogavam bem adiantados, e os celestes criavam o suficiente para dar sustos.

A melhor chance do Cruzeiro aconteceu aos 30 minutos. O meia Thiago Neves recebeu na área e deu um leve desvio. A bola superou o goleiro, mas o zagueiro Sidimar apareceu para tirar em cima da linha.

Segundo tempo

O Cruzeiro não deu tempo para o Tupi respirar no inicio da etapa complementar. Em chute de fora da área, Ariel Cabral colocou a bola no cantinho e correu para o abraço.

O Cruzeiro dominou o duelo durante todo o tempo. A equipe celeste trocava passes no meio campo e buscava as principais oportunidades.

O Tupi perdeu intensidade no meio campo e tinha dificuldades para criar. Isso durou até os 27 minutos, quando Ariel Cabral foi expulso por cotovelada na cara de outro colega.

Sem Cabral, Mano Menezes decidiu colocar Lucas Silva em campo. A equipe de Juiz de Fora partiu para o ataque, mas o Cruzeiro conseguiu se fechar bem e segurar o resultado. positivo

FICHA TÉCNICA:
TUPI 0 X 1 CRUZEIRO

Local: Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, Juiz de Fora (MG)
Data: 21 de março de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Auxiliar: Ronei Cândido Alves e Flávio Henrique Coutinho Teixeira
Gols: Ariel Cabral, no primeiro minuto do segundo tempo (Cruzeiro)
Cartões: Dedé, Egídio (Cruzeiro); Tchô, Reis (Tupi)
Cartão Vermelho: Ariel Cabral (Cruzeiro)

TUPI – Vilar; Rodrigo Dias, Sidimar, Wellington e Patrick Brey; Léo Costa e Léo Salino; João Vítor (Vitinho); Tchô e Renato Kayser; Reis. Técnico: Ricardo Leão.

CRUZEIRO – Fábio, Lucas Romero, Dedé, Murilo, Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves (Lucas Silva), Rafinha e Rafael Marques . Técnico: Mano Menezes