<
>

Fábio Santos vê pressão desnecessária e pede convicção da diretoria

Após a derrota para a Caldense em casa, os problemas voltaram a aparecer no Atlético Mineiro. A torcida cobrou reforços, a contratação de um treinador e melhoras na equipe.

Para o experiente lateral Fábio Santos, há uma pressão muito grande em um momento impróprio sobre a equipe mineira. "A gente trouxe uma pressão de fora para dentro, algo desnecessário. Todas as equipes estão oscilando. Hoje foi o meu quarto jogo da temporada, um mês de trabalho e estamos vivendo um momento desse, muito turbulento. Temos que trabalhar, assumir a pressão”, destacou.

Fábio ainda pediu convicção da diretoria para contratar um novo treinador. Nomes de Abel e Cuca surgem como as melhores opções.

“Tudo isso é pressão. Falta de convicção no trabalho, tem que ter convicção, abraçar para que as coisas aconteçam. Se mudar toda hora o time não vai entrosar nunca. Todos tem que acreditar”, completou o camisa 6.

Ele ainda reforçou que está na expectativa por um treinador o mais cedo possível. “É óbvio que esperamos um comandante, o Thiago é um baita profissional, mas a gente precisa de um treinador. A diretoria está trabalhando, está correndo atrás, após o carnaval eu creio que já teremos o treinador”, finalizou.