<
>

Ex-Flamengo revela qual astro do time atual o impressionou mais até do que Neymar em treino da seleção: 'É um gênio'

Aos 29 anos, Thomás foi revelado pelo Flamengo em meados de 2011 e chegou a fazer parte de treinamentos da seleção brasileira


Uma das revelações do Flamengo no início da última década, o ponta-esquerda Thomás, atualmente sem clube desde que deixou o Atromitos Athen, da Grécia, no início deste mês, concedeu entrevista ao Charla Podcast. O atleta contou sobre a oportunidade que teve de fazer parte de um treinamento da seleção brasileira principal antes da disputa da Copa das Confederações de 2013.

“Eu estava na seleção sub-20 e fui completar um treino da seleção profissional. Mas nunca mais me levaram de volta por que eu não queria ir embora. Fiquei lá no vestiário. Estava lá, do lado dos caras, eu vou querer ir embora? Eu não”, disse rindo o ex-Flamengo com os apresentadores.

Ao lado de craques como Neymar, Paulinho, Lucas Moura e outros, Thomás contou que quem realmente o encantou em campo foi Filipe Luís, na época lateral-esquerdo do Atlético de Madrid, hoje dono da posição do Flamengo nos últimos anos. Impressionado com os passes certos e com a forma como era guiado pelo experiente lateral, Thomás rasgou elogios ao craque do Rubro-Negro.

“Na época tinha o Filipe Luís. Olha, eu falo desse cara, meus amigos não me deixam mentir. Eu falo desse cara há dez anos. Eu fiz um treinamento antes da Copa das Confederações de 2013 com a seleção brasileira. E saí desse treino com todo mundo me perguntando sobre o Neymar, sobre o Leandro Damião, sobre o David Luiz e eu disse que o Neymar era um gênio, todo mundo era muito bom, mas quem mais me impressionou foi o Filipe Luís”.

Empolgado ao relembrar sobre a qualidade de Filipe Luis em campo, Thomás se empolgou e fez os apresentadores caírem na gargalhada ao contar que terminou o treinamento ‘apaixonado’ pelo atual lateral-esquerdo do Flamengo.

“Ele não errava um passe. Ele estava de lateral-esquerdo e eu de ponta-esquerda, ele ia me guiando o tempo inteiro. Ele antevia tudo o que ia acontecer. Ele era um gênio. Esse cara é um técnico dentro de campo. Ele via o que ia acontecer e ele me falava. Acabou o treino e eu estava totalmente apaixonado no cara. É sério”.

“As pessoas me perguntavam sobre o Neymar e eu só sabia falar do Filipe Luís. O cara é um fenômeno, ele é um técnico, sabe ler a partida toda. Faz a linha certa, antevê tudo. Falei para o meu assessor ligar para ele e contar que eu era muito fã dele. E hoje você vê que ele realmente vai virar técnico, o Barroca mesmo disse que o Filipe Luís acabou com uma tática dele. Eu fiquei atrás do Filipe Luis, vi que ele realmente era assim. Ele vê o que você não vê”, finalizou.

Em julho do ano passado, Renato Gaúcho, então técnico do Flamengo, revelou em entrevista à FLA TV que Filipe Luís, Diego e Willian Arão estavam realizando o curso de técnico da CBF.

“Filipe Luís, Diego Ribas e Arão estão fazendo curso na CBF para se tornarem treinadores. Eles têm grandes chances, pois são pessoas inteligentes, gostam de trocar ideia na parte tática principalmente, e eu tenho certeza que serão grandes treinadores”, contou.