<
>

Por que Willian não entrou contra o Boca, mesmo estando no banco de reservas? Vítor Pereira responde

Meio-campista lesionou o ombro no jogo de ida, mas tentou se recuperar a tempo de partida na Argentina


Na noite desta terça-feira (5), o Corinthians visitou o Boca Juniors na Bombonera pela partida de volta das oitavas da Conmebol Libertadores. Depois do empate em 0 a 0 na partida de ida em São Paulo, o placar se repetiu e levou a decisão para as penalidades, onde Cássio foi herói e o Timão venceu por 6 a 5.

Após a partida, em entrevista coletiva, o técnico Vítor Pereira respondeu sobre a ausência do meia Willian, que se machucou no jogo de ida, mas buscou recuperação 'relâmpago' para a volta.

‘’Era quase impossível (colocar o Willian em campo). Tivemos uma conversa ontem e hoje. Ele continuou com muitas dores", disse o treinador, que ainda falou sobre o risco que seria se ele entrasse em campo.

"Se eu tivesse colocado ele em campo, seria um risco muito grande e não podemos arriscar um jogador do nível como o Willian. Hoje ele estava conosco para nos transmitir apoio. Isso é muito importante’’, completou.

Após a classificação, a equipe espera a definição da partida entre Flamengo e Tolima, nesta quarta-feira (6) no Maracanã às 21h30 (de Brasília) com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+. No jogo de ida, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0 na Colômbia.

No próximo final de semana, pela 16ª rodada do Brasileirão, o Timão receberá o Flamengo, no domingo (10).