<
>

A revolta de Carlitos Tévez após apenas 2 jogos como técnico na Argentina: 'Que fale na minha cara' e 'futebol não é para c***'

Carlitos Tévez perdeu seus dois jogos como técnico do Rosario Central até agora no Campeonato Argentino


Carlitos Tévez fez apenas dois jogos como técnico do Rosario Central, da Argentina, mas já está revoltado.

Depois de sua 2ª derrota, na última segunda-feira (4), para o lanterna Aldosivi, pelo Campeonato Argentino, o ex-jogador concedeu entrevista ao canal TyC Sports e disparou para todos os lados.

O principal motivo de sua irritação foi o recuo de Carlos Retegui, treinador das seleções masculina e feminina de hóquei na grama da Argentina, em assumir o cargo de auxiliar do Rosario Central.

Retegui havia dado o "sim" ao clube canalla, o que também motivou Tévez a aceitar assumir como técnico. No entanto, o profissional acabou desistindo e se manteve em suas posições atuais - além de comandante do hóquei sobre a grama argentino, ele é secretário de Esportes de Buenos Aires.

Carlitos, por sua vez, não mediu palavras para reclamar da postura do profissional.

"Retegui seria importante em nosso projeto, porque traria uma visão diferente. Ele vem do hóquei, sabe os outros tipos de movimentos que são diferentes do futebol. Mas agora o mais importante é que a gente siga em frente. Com ele, não quero falar mais nada", disparou o Apache.

"Retegui foi enganoso comigo. Eu esperava que ele viesse de frente e que falasse na minha cara (que havia desistido). Estou mais surpreso que todos com a decisão dele, mas ele priorizou a polícia, decepcionando muitas pessoas. O futebol não é para os c***! Agora, é seguir em frente", afirmou.

"Ele preferiu um compromisso político a um sonho. Não falou somente com sua palavra a mim, mas também aos meus irmãos e minha família. Eu fiquei sabendo que ele não viria para cá através da imprensa, então isso me doeu muito", reclamou.

O Rosario Central vive situação delicadíssima no Campeonato Argentino, sendo o vice-lanterna com apenas 4 pontos em 6 partidas até agora.

O time volta a campo na próxima sexta-feira (8), às 20h (de Brasília), contra o Sarmiento.