<
>

Herói da Libertadores do Palmeiras surpreende e não coloca Abel Ferreira como melhor técnico da história do clube

play
Palmeiras: Deyverson faz coro a Abel, revela pra quem mais torce e aconselha ex-companheiros: 'Têm que aguentar'; VEJA (1:46)

Autor de gol histórico pelo time deixou o clube este ano (1:46)

Deyverson, autor do gol do título da Conmebol Libertadores em cima do Flamengo, em 2021, elegeu Luiz Felipe Scolari como melhor treinador


Na noite da última segunda-feira (5), no evento ‘Encontro com Deyverson’, promovido no Allianz Parque como uma ‘despedida’ do Palmeiras, o centroavante falou sobre diversos assuntos, principalmente sobre o gol heroico na prorrogação da decisão da Conmebol Libertadores, contra o Flamengo, em Montevideo, no Uruguai, no dia 27 de novembro do ano passado.

Apesar de ter conquistado o importantíssimo título com Abel Ferreira, que elogiava o atacante por não desistir dos lances e se aplicar em campo, o centroavante, quando perguntado sobre qual era o maior técnico da história do clube, não titubeou em escolher Luiz Felipe Scolari.

“Com todo o respeito ao Abel, ganhou tudo no Palmeiras, não tem como brigar com ele. Mas, o Felipão, queira ou não queira, vai ser o meu número um. Todos os técnicos com os quais eu trabalhei no Palmeiras foram importantes para a minha carreira, mesmo os que optaram por me emprestar. Todos têm a sua essência”.

play
1:46

Palmeiras: Deyverson faz coro a Abel, revela pra quem mais torce e aconselha ex-companheiros: 'Têm que aguentar'; VEJA

Autor de gol histórico pelo time deixou o clube este ano

“Não tem como explicar o inexplicável. Sou muito grato aos treinadores, mas o Felipão é meu paizão. Não tem como falar do Abel, ainda tem gente em outras emissoras que fala do Abel, mas não tem como. O Felipão é meu número um”, finalizou o centroavante.

Sob o comando de Scolari, Deyverson foi peça-chave do Palmeiras na campanha do título do Campeonato Brasileiro, em 2018. O centroavante, aliás, também marcou o gol decisivo da importante conquista. Diante do Vasco da Gama, em São Januário, o atacante marcou o gol da vitória por 1 a 0, resultado que deu o troféu ao Palmeiras.

Sem contrato com o Palmeiras desde o dia 30 de junho deste ano, Deyverson segue sem destino definido e está em busca de um novo clube. Aos 31 anos, o atacante recebe sondagens de diversos times do Brasil, mas pode ainda retornar à Europa em breve.