<
>

Ceará aciona CBF para tentar receber R$ 12 milhões do Palmeiras por Arthur Cabral; time paulista discorda e não se vê em débito

Ceará acionou a Câmara Nacional de Resolução de Disputas da CBF para receber dinheiro que considera que o Palmeiras deve por Arthur Cabral


O Ceará acionou nesta sexta-feira (1º) a CNRD (Câmara Nacional de Resolução de Disputas) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para receber valor que considera que o Palmeiras lhe deve pelo atacante Arthur Cabral, atualmente na Fiorentina.

A informação foi publicada primeiramente pelo GE e confirmada pelo ESPN.com.br.

Como mostrou a ESPN em 22 de abril deste ano, o Vozão alega ter em contrato o direito a receber metade do valor de 30% da mais valia da venda de Arthur Cabral do Basel para a Fiorentina, em janeiro de 2022.

À época, a contratação foi selada por R$ 92 milhões. No entendimento do Ceará, isso renderia à equipe o montante de R$ 12 milhões, que abrange o valor da mais valia e outros R$ 2,2 milhões pelo Mecanismo de Solidariedade da Fifa.

O clube da capital cearense alega ter procurado o Palmeiras para chegar a um entendimento sobre o caso, mas não teve sucesso. Com isso, resolveu reunir documentação e acionar a CNRD. A expectativa dos alvinegros é que o caso tenha uma decisão até o meio de 2023.

O Alviverde, por sua vez, tem entendimento totalmente diferente sobre o caso e não se vê em débito com o Ceará.

Procurado pela reportagem, o time paulista informou que, se houver necessidade, irá se manifestar sobre a questão apenas os fóruns competentes.

Vale lembrar que, em novembro de 2018, o Verdão anunciou a contratação de Arthur Cabral, então do Ceará, por R$ 5 milhões por 50% dos direitos econômicos. Em junho de 2020, o Palestra acertou a venda do atacante para o futebol da Suíça por R$ 26,9 milhões. Este valor foi dividido entre Palmeiras e Vozão.

Na época, o Alviverde ainda se dizia ainda dono de 30% em cima do lucro sobre uma eventual nova venda, algo do qual o clube do Nordeste exigia receber também metade do valor. No entanto, o time paulista, desde então, não entende a situação desta forma, o que levou ao imbróglio.

Arthur Cabral, de 24 anos, vem fazendo muito sucesso desde que foi para o futebol europeu, em 2019/20.

Na última temporada, ele fez 27 gols em 31 jogos pelo Basel, sendo comprado pela Fiorentina após a venda de Vlahovic pela Juventus.

Depois, já com a camisa da Viola, anotou 2 gols e contribuiu com 2 assistências em 17 partidas.