<
>

Antes de Corinthians x Boca Juniors na Libertadores, jornal argentino relembra duelo e cutuca: 'Batalha no VARsil'

play
Libertadores: Teremos confirmação de favoritos ou surpresas nas oitavas? VEJA o 'palpitão' dos comentaristas da ESPN (3:15)

Assista à Libertadores ao vivo na ESPN pelo Star+ (3:15)

Corinthians e Boca Juniors se enfrentam nesta terça-feira (28), às 21h30 (de Brasília), pela Conmebol Libertadores


Antes do jogo entre Corinthians e Boca Juniors, nesta terça-feira (28), às 21h30 (de Brasília), pelas oitavas da Conmebol Libertadores, o jornal argentino Olé tratou de jogar lenha na fogueira - a melhor repercussão da partida é no Linha de Passe, logo após o jogo, com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Em reportagem, o diário lembrou os polêmicos duelos contra o Atlético-MG, nas oitavas da última edição do torneio continental, para ironizar e falar em suposto favorecimento aos clubes brasileiros na competição.

De acordo com o veículo, o Boca não engole até hoje diversas decisões do VAR nas duas partidas contra o Galo, mas principalmente no jogo de volta, em Belo Horizonte.

"Boca x Corinthians é a batalha do VARsil", disparou o Olé, usando o nada honroso apelido dado pela publicação ao futebol brasileiro.

"Em busca de sua 7ª Libertadores, os Xeneizes visitam o Brasil depois da escandalosa eliminação contra o Atlético-MG. Mais uma vez, o jogo promete ser quente", escreveu.

Vale lembrar que, depois da eliminação para o Atlético, o Boca protagonizou uma batalha bizarra, que começou no túnel dos vestiários e terminou no interior do Mineirão, com direito a arremesso de extintores de incêndio.

A confusão terminou em uma delegacia de Belo Horizonte, com o plantel argentino demorando várias horas para ser liberado pela polícia.

No fim das contas, seis jogadores e dois integrantes da diretoria foram suspensos pela Conmebol por causa das cenas lamentáveis.