<
>

Cicinho não vê brasileiro ganhando Mundial e provoca: 'Se for, Palmeiras vai para passear de novo'

play
Zé Elias analisa Palmeiras de Abel Ferreira e pergunta: 'Está na hora de tentar algo novo?' (2:20)

O Palmeiras está 'manjado'? Veja a opinião de Zé Elias durante o F90 (2:20)

Ex-jogador ainda relembrou histórias do título do São Paulo de 2005, com conversas com Rogério Ceni


Ídolo do São Paulo, Cicinho não está acostumado a ficar ‘em cima do muro’ e dar declarações polêmicas, seja por suas análises ou por provocações a rivais. Nesta segunda-feira (27), em entrevista ao podcast Flow, o ex-lateral disse ver dificuldade em um sul-americano conquistar o Mundial de Clubes novamente.

“Eu acho difícil um time sul-americano ganhar o Mundial, até pelas condições que chega. As equipes europeias bem mais preparadas, em meio temporada. Os brasileiros já chegam bem cansados”, disse, antes de relembrar como conquistou o título em 2005.

“Em 2005, o Rogério Ceni reunião a galera e disse que o não a gente já tinha, ninguém estava acreditando em nós. Era para entrar e cada um dar o melhor. Conseguimos um gol e conseguimos nos defender bem. E contamos com uma noite brilhante da arbitragem que não precisou nem de VAR para dar impedimentos milimétricos”, completou.

Cicinho ainda relembrou campanhas recentes de brasileiros ao falar que via o Flamengo com chances em 2019, mas aproveitou para tirar sarro das derrotas recentes do Palmeiras na competição.

“Um time que eu achei que ganharia foi o Flamengo porque tinha muitos jogadores europeus, com essa bagagem europeia. Hoje não vejo um time assim. O Palmeiras, se for, vai passear de novo. Já foi três vezes lá dar tchauzinho e voltar. Não tem time para ganhar. A não ser que a Tia Leila traga o Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo para jogar o Mundial. Aí pode ser que ganhe. Mas mesmo assim...”, brincou.

“O Palmeiras pode ser tetra da Conmebol Libertadores, mas a questão é o Mundial. Aí não tem! E ‘nóis’ se abraça nisso! Libertadores pode ganhar 50! E na hora que ganhar um Mundial, a gente fala que ainda não ganhou três! A torcida do Palmeiras me ama”, finalizou.