<
>

Donos do Manchester United embolsarão lucros do clube em bolada milionária e revoltam torcedores; ídolo faz sugestão nas redes sociais

play
Astro da bola laranja? Sancho, do Manchester United, se aventura no basquete, acerta de três e vai à loucura; VEJA (0:14)

Atacante inglês curte basquete durante as férias (0:14)

Família Glazer tem gerado irritação da torcida em diversas ocasiões nos anos recentes


Um pagamento de dividendos feito aos proprietários do Manchester United, a família Glazer, foi considerado "indefensável" pela confiança dos torcedores do clube.

Os Glazers, incluindo os co-presidentes executivos Joel e Avram, devem receber a maior parte de um pagamento de 11 milhões de libras (cerca de R$ 70,7 milhões) feito aos acionistas na sexta-feira (24).

Ele vem no final de uma temporada desastrosa durante a qual o United terminou em sexto na Premier League e perdeu a qualificação para a Champions League. O clube também não conseguiu fazer uma contratação até agora neste verão, apesar de prometer apoiar o novo técnico Erik ten Hag.

O pagamento é o mais recente de uma série de dividendos recebidos pelos acionistas - dos quais os Glazers detêm a maioria das ações - e o Manchester United Supporters' Trust chamou a decisão de "totalmente inaceitável".

Um comunicado divulgado pela MUST na sexta-feira dizia: "Hoje os Glazers pagam a si mesmos a parte de um dividendo de 11 milhões de libras no final de uma das piores temporadas de que se há memória. A recompensa pelo fracasso é uma prática ruim em qualquer negócio e totalmente inaceitável, dado o estado atual das coisas no United”.

"A MUST está defendendo e buscando uma estratégia de engajamento com o clube e seus donos, para ter uma voz mais forte para os torcedores, mas esse pagamento é indefensável. Faremos este ponto e exigiremos respostas em nossas reuniões diretas, bem como por meio de nossos representantes no conselho consultivo de fãs e no fórum de fãs", disse a nota.

Há uma frustração crescente entre os torcedores do United depois de ver os rivais Manchester City e Liverpool fazerem contratações já neste verão com as capturas de Erling Haaland e Darwin Nunez, respectivamente.

Isso levou a uma sensação de que o clube - que não ganha um troféu desde 2017 - já caiu ainda mais atrás dos dois primeiros da Premier League depois de terminar 35 pontos atrás do campeão City na temporada passada.

O ex-zagueiro do United e comentarista da Sky Sports, Gary Neville, pediu aos Glazers que suspendam o pagamento de dividendos por três anos e, em vez disso, usem o dinheiro para melhorar o elenco e as instalações do clube.

"A Família Glazer não deveria receber 11 milhões de libras em dividendos nesta sexta-feira", tuitou Neville. “Não está certo com o investimento necessário no time, estádio e campo de treinamento. A posição de caixa do clube é baixa em comparação com os anos anteriores. É necessário um anúncio para interrompê-lo nos próximos três anos no mínimo", completou.