<
>

Bauermann diz que faltou personalidade, atitude e coragem ao Santos, mas vê eliminatória aberta

play
Zagueiro do Santos diz que 'faltou coragem' para o time contra o Corinthians; VEJA (0:33)

Bauermann não esconde frustração com goleada sofrida nesta quarta-feira (0:33)

Após a partida, zagueiro do Santos não poupou críticas ao seu time em goleada sofrida contra o Corinthians


O Corinthians saiu na frente nas oitavas da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (22), no jogo de ida da fase, o Timão recebeu o Santos na Neo Química Arena e venceu por 4 a 0, com gols de Mantuan, Giuliano (duas vezes) e Raul Gustavo.

Após a partida, em entrevista na saída do estádio, o zagueiro Eduardo Bauermann analisou a partida do Peixe, apontou o que faltou ao time e não jogou a toalha pela classificação.

“O time, num geral, faltou personalidade, atitude para enfrentar esse jogo como um verdadeiro clássico, um dos maiores do mundo. E faltou coragem para poder dar o nosso melhor”, disse.

“Não, descartado nada, nós estamos aqui dispostos a dar a cara a tapa e o nosso melhor para conseguir a classificação. Da mesma forma que eles fizeram quatro gols hoje, nós temos condições de ir na nossa casa e conseguir a classificação”, completou.

No jogo de volta, o Corinthians poderá perder por até três gols de diferença que ainda avançará. Caso o Santos vença por quatro gols de diferença, leva a disputa para as penalidades na Vila Belmiro.

As duas equipes voltam a se enfrentar no final de semana, mas pelo Brasileirão. No sábado (25), às 19h (de Brasília), na mesma Neo Química Arena. Pelo jogo de volta, os rivais se encontram no dia 13 de julho na Vila Belmiro.