<
>

Ex-Flamengo lembra pressão que sofreu no clube e diz o que Hugo Souza precisa fazer após vaias da torcida

Hugo Souza está muito pressionado no Flamengo após falhar nos últimos jogos


Flamengo e Fluminense se enfrentam neste domingo (29), às 18h, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. E um jogador está bastante pressionado pelo lado rubro-negro: Hugo Souza.

Muito criticado pela torcida pelas falhas recentens nos jogos do Flamengo, o camisa 45 vivencia o lado ruim para um atleta criado no clube: ver uma cobrança forte da própria torcida.

Quem vivenciou de perto uma pressão no Flamengo foi Guilherme Camacho, meio-campista do Santos, mas que foi criado na base carioca. Muito badalado no Rubro-Negro, ele não conseguiu no profissional ter a sequência que esperava e precisou deixar o clube para se firmar no futebol. E sabe como é como ninguém a pressão que um jovem recebe no Flamengo.

“A maioria dos moleques que sobem da base não estão 100% preparados. É uma fase em que você tem que ter a cabeça muito boa, principalmente, em Flamengo e Corinthians, que são times de muita torcida, em que a cobrança é grande demais", disse Camacho, em entrevista ao ESPN.com.br, completando.

"A mídia está sempre em cima e tudo que acontece já é noticiado. Então, tem que ter tranquilidade para viver com isso, passar pela fase e depois o cara ganha maturidade, fica com a cabeça mais tranquila para jogar. Mas é difícil. Eu subi no Flamengo, não fui muito bem, não consegui fazer o que fazia na base. Depois, comecei a ser emprestado e só mais maduro comecei a mostrar meu futebol”, explicou.

Camacho ainda deixou um recado para Hugo dar a volta por cima e conseguir recuperar a confiança da torcida:

“É o que todo mundo fala: ter a cabeça no lugar, ter tranquilidade. É um moleque muito novo, todo mundo sabe da qualidade. O Flamengo é assim. Cabeça no lugar, esperar o momento passar, treinar, trabalhar. Ele já é um grande goleiro, para se manter em clube grande”, finalizou.