<
>

Marcelo diz que vai deixar o Real Madrid e fecha porta para volta ao Brasil: 'Quero jogar a Champions League'

Marcelo afirmou que não vai renovar contrato com o Real Madrid e deixará o clube após conquista da Champions


Marcelo foi o primeiro brasileiro a levantar a Champions League como capitão após a vitória do Real Madrid por 1 a 0 sobre o Liverpool. E o gesto marcou a despedida do lateral do time merengue.

Após a conquista da competição continental, neste sábado (28), contra o Liverpool, o brasileiro afirmou que não vai renovar o contrato e, por isso, está de saída do Real Madrid. Qual o próximo destino? Marcelo ainda não sabe, mas deixou claro que não será o futebol brasileiro. O desejo é continuar na Europa para atuar na Champions League.

"(O futuro) Estava definido. Não vou ficar mais no Real Madrid, encerrando ciclo gigante com alegria, felicidade. Não existia melhor maneira de fechar ciclo no maior clube do mundo. História está feita, estou orgulhoso, não tem tristeza, não tem problema, poderia ficar um mais um, em nenhum momento. Levantei minha primeira da Champions como capitão do maior clube do mundo. Fiz minha história", afirmou o lateral, que completou deixando claro que pretende seguir na Europa.

"Não (vou voltar ao Brasil). No momento, não. Tenho futebol para jogar Champions League, acredito que posso, quero e vou jogar Champions League. Tenho mais alguns anos para jogar, continuar na Champions League, campeonato bem legal", exlicou Marcelo, para finalizar.

"Não vou mentir para vocês, vejo muita coisa, 'Marcelo vai para o Botafogo, vai para o Fluminense'. Não vou. Deixo bem claro. Preciso de dez dias de férias, sem preocupação, sem mexer no telefone", finalizou.

Aos 34 anos, Marcelo chegou ao Real Madrid na temporada 2006/07 e fez história. Rapidamente se tornou titular absoluto e herdou o lugar deixado por Roberto Carlos.

Ao todo, foram 25 títulos. Destes, foram cinco edições da Champions League, quatro vezes o Mundial de Clubes e três vezes a Supercopa da Europa. Na Espanha, faturou seis vezes a LaLiga, duas vezes a Copa do Rei e cinco vezes a Supercopa da Espanha.