<
>

Sormani dá conselho a Abel Ferreira e cita Ceni: 'Faz no São Paulo o que ele deveria fazer no Palmeiras'

Durante o programa F90, da ESPN, nesta quinta-feira (26), o comentarista dos Canais Disney elogiou decisão tomada pelo técnico do São Paulo em partida pela Sul-Americana


Nesta última quarta-feira (25), no Morumbi, o São Paulo foi a campo contra o Ayacucho-PER com 10 jovens revelados na base de Cotia no time titular, venceu por 1 a 0 e terminou a sua campanha na fase de grupos da Copa Sul-Americana invicto e classificado. O gol, anotado por Caio Matheus, de 18 anos, inclusive foi o primeiro do atacante pelo profissional.

Durante o programa Futebol 90, da ESPN, nesta quinta-feira (26), o comentarista dos Canais Disney Fábio Sormani elogiou a escolha tomada pelo técnico Rogério Ceni, de dar descanso aos seus principais jogadores enquanto dá chance aos garotos das categorias de base. E para Sormani, isso é algo que Abel Ferreira, treinador do Palmeiras, também deveria aplicar no seu time.

"O Rogério Ceni faz no São Paulo o que o Abel deveria fazer no Palmeiras e não faz. Há jogos em que você pode fazer o que ele (Ceni) fez ontem. O Palmeiras já passou por duas ou três oportunidades nesta Libertadores, em que que o Abel poderia fazer o que ele, Rogério, fez, e não fez. Você não precisa colocar 10 (garotos da base). O Palmeiras queria a melhor campanha", começou por dizer.

"Acho muito legal o que o Rogério está fazendo. É um dos trabalhos que mais se destacam, para mim, nesse começo de temporada. Jogou bem contra o Corinthians, foi prejudicado, teve o pênalti escandaloso que não foi marcado, estava 1 a 0 para o São Paulo naquele momento, o São Paulo poderia ter feito 2 a 0 e vencido a partida. Tem jogado com consistência, enfim, eu estou gostando do trabalho do Rogério Ceni", complementou.

Melhor campanha geral da fase de grupos da atual edição da Conmebol Libertadores, o Palmeiras já estava classificado para o mata-mata desde a quarta rodada, quando goleou o Independiente Petrolero por 5 a 0, na Bolívia, pela quarta rodada do grupo A.

Ainda assim, com a classificação já assegurada, o técnico Abel Ferreira foi com aquilo que tem de melhor para as duas rodadas finais. Somente na partida contra o Emelec-EQU, no Allianz Parque, o português começou com alguns titulares no banco, mas eles entraram ao longo da partida.

Caso do meia Raphael Veiga, que só não jogou contra o Deportivo Táchira-VEN, na rodada final, por ter testado positivo para COVID-19 no fim de semana.